Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 18h31min de 5 de fevereiro de 2018
sem resumo de edição
== No Brasil ==
No Brasil há predominância do transporte rodoviário, tanto de passageiros quanto de carga. Por esta razão, o óleo diesel é o derivado de petróleo mais consumido no país. O volume de óleo diesel vendido em 2009 representou 41% do volume total de derivados<ref name="Dados Estatísticos Mensais">{{citar web|url=http://www.anp.gov.br?pg=14685.|autor=ANP|titulo=Dados Estatísticos Mensais|acessodata=[[04 de Março]] de [[2010]]}}</ref>. O crescimento econômico nos últimos anos tem elevado substancialmente as vendas (figura 2). Ainda assim, com a elevação da produção interna recente, houve uma redução percentual da importação deste derivado (figura 3).
[[Imagem:Vendas de Diesel no Brasil.JPG|thumb|330pxBrasilbbvgttyyy0px|Figura 2: Vendas de diesel no Brasil.<ref name="Dados Estatísticos Mensais"/>]]
[[Imagem:Origem do diesel.JPG|thumb|330px|Figura 3: Origem do óleo diesel movimentado no Brasil.<ref name="Dados Estatísticos Mensais"/>]]
 
|primeiro = Christina
|obra = Agência Brasil
}}</ref>. O B5, que estava previsto em lei para começar a vigorar em 2013, será obrigatório em todo o território brasileiro a partir de 1º de janeiro de 2010. Mais recentemente, a lei 13.263 de março de 2016 aumentou a porcentagem de biodiesel para até 8%, passando a ser obrigatório esse volume após 12 meses da promulgação da lei; essa mesma lei define aumento para 9 e 10% na adição de biodiesel obrigatória no combustível comercializado a partir de 24 e 36 meses da promulgação da lei, respectivamente.
 
==Ver também==
Utilizador anónimo