Diferenças entre edições de "Judeia"

244 bytes adicionados ,  15h13min de 13 de fevereiro de 2018
→‎História: Acréscimo depois da conquista grega
(Hiperlink do Rei Jeroboão)
(→‎História: Acréscimo depois da conquista grega)
 
No [[século X a.C.]], Israel aproveitou o enfraquecimento dos grandes impérios vizinhos para expandir o seu território. O país, que alcançou o seu apogeu ao longo dos reinados de [[David]] e [[Salomão]], foi mais tarde dividido em dois reinos: [[Reino de Israel|Israel]], ao norte, fundada pelo Rei [[Jeroboão I]] e que fora invadido pelos Assírios<ref>{{Citar livro|url=https://books.google.com.br/books?id=qfAAuqtWfvsC&pg=PA165&dq=israel+jud%C3%A1&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwiGw7Tnj6PZAhWFgJAKHVs0AeAQ6AEIKDAA#v=onepage&q=israel%20jud%C3%A1&f=false|título=A Bíblia e a Arqueologia|ultimo=THOMPSON|primeiro=JOHN A.|editora=Arte Editorial|lingua=pt|isbn=9788598172125}}</ref>, e [[Reino de Judá|Judá]], ao sul. [[Israel]] foi transformado em tributário da [[Assíria]]. Logo após subir ao trono, em [[721 a.C.]], [[Sargão II]] conquistou o país e deportou a maior parte de seus habitantes. No sul, o reino de Judá conservou sua precária [[independência]] até [[587 a.C.]], quando [[Nabucodonosor]] o arrasou e deportou sua população para a [[Babilónia]]. Em [[539 a.C.]], quando o [[xá aquemênida]] [[Ciro, o Grande]] apoderou-se da [[Babilônia]], este permitiu que muitos hebreus pudessem regressar à sua região. Depois da conquista do [[Império Aquemênida]] pelo [[Macedônia Antiga|macedônio]] [[Alexandre o Grande]], a terra de Canaan ficou submetida à influência [[Helenismo|helenística]].
 
Após a Conquista da região pelos gregos, a Judeia é invadida pelo [[Império Romano]]. Com os romanos é que a região ficará conhecida como Palestina. Segundo [[Flávio Josefo]], o nome Palestina ocorre depois das guerras Judaica-Romana.
 
[[Patriarca:Abraão]]
4

edições