Diferenças entre edições de "Belvedere (Belo Horizonte)"

6 bytes removidos ,  21h18min de 14 de fevereiro de 2018
m
Robô:Remoção de termos parciais, conforme pedido na CR
m (→‎Principais vias: Ajuste de ligação interna.)
m (Robô:Remoção de termos parciais, conforme pedido na CR)
}}
[[Ficheiro:Avenida Nossa Senhora do Carmo (2).JPG|thumb|Vista da [[avenida Nossa Senhora do Carmo]] dentro do bairro]]
'''Belvedere''' é um [[bairro nobre]] de [[Belo Horizonte]]<ref>[http://www.pbh.gov.br/smpl/HTA_M007.pdf Bairros de Belo Horizonte]</ref>, de classe alta, que cresceu em torno do [[BH Shopping]]. Consoante recente pesquisa realizada pelo IBGE *[http://diariodocongresso.com.br/novo/2011/11/renda-mensal-varia-mais-de-2-000-entre-os-bairros-de-bh/], é o bairro mais rico de Belo Horizonte, com a maior renda mensal média entre os moradores. É o bairro mais alto da cidade, variando de 1.100 a 1.270 metros de altitude e possui um clima bem mais ameno que o do [[Centro de Belo Horizonte|centro da cidade]], situado a 850m de altitude. Exatamente como o vizinho bairro [[Mangabeiras (Belo Horizonte)|Mangabeiras]], possui uma espetacular vista da cidade. Limita-se, também, com os bairros [[Vale do Sereno (Nova Lima)|Vale do Sereno]] e [[Vila da Serra (Nova Lima)|Vila da Serra]], já no município de [[Nova Lima]]. Divide-se em Belvedere I, II e III. As duas primeiras etapas tiveram como Urbanista o arquiteto Ney Werneck, e compreende uma ampla área de ocupação horizontal, com edificações baixas. A terceira etapa se caracteriza por intensa verticalização, com grandes torres próximas à área conhecida como Lagoa Seca.
 
Ruas largas, jardins, urbanismo impecável, todas as ruas com calçadas portuguesas, vista para a cidade, clima de montanha, um comércio forte concentrado na Rua Luiz Paulo Franco, inúmeros bancos, galerias, clínicas, supermercados, restaurantes, ao lado de dois hospitais (no Vila da Serra), dão ao bairro uma completa infraestrutura, fatores que atraem investidores. Trata-se do bairro com maior renda média mensal da cidade.<ref>{{citar web|URL=http://diariodocongresso.com.br/novo/2011/11/renda-mensal-varia-mais-de-2-000-entre-os-bairros-de-bh/ |título=Renda mensal varia mais de 2.000% entre os bairros de BH |autor=Diário do Congresso |data=16 de novembro de 2011 |acessodata=4 de maio de 2017}}</ref>