Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho ,  22h49min de 18 de fevereiro de 2018
Esse artigo inteiro precisa ser reescrito.
[[Ficheiro:SeptimeSévère.jpg|thumb|200px|right|Busto de Severo no [[Museu do Louvre|Louvre]] ([[Paris]]).]]
 
A fim de consolidar a sua sucessão, Severo casou o seu filho [[Caracala]] com [[PlautillaFúlvia Plaucila]], filha do [[prefeito do pretório]] [[Plautiano|Caio Fúlvio PlautianoPlauciano]]. Porém, pronto as relações entre o casal se deterioraram.
 
Plautiano foi acusado de traição pelos centuriões em [[205]], subornados provavelmente por Caracala. Severo fê-lo assassinar e Plautilla foi recluída na ilha de [[Lipari]].
Muito enfraquecido pela [[Gota (doença)|gota]], Severo retirou-se para [[Iorque]], onde faleceu a [[9 de fevereiro]] de [[211]] com 65 anos.
 
Como governante demonstrou ser um sábio administrador e reformador e mantenedor da obediência às leis, porém devido ao temperamento inconstante, sua capacidade inflexível de trabalho e sua política de expansão das fronteiras do Império transformaram-no numa personagem difícil de avaliar com justiça.
 
== Mudanças de nome ==