Garfo: diferenças entre revisões

8 bytes removidos ,  22h15min de 19 de fevereiro de 2018
m
Foram revertidas as edições de 187.181.12.148 para a última revisão de JMagalhães, de 12h19min de 6 de novembro de 2017 (UTC)
(palavras erradas)
m (Foram revertidas as edições de 187.181.12.148 para a última revisão de JMagalhães, de 12h19min de 6 de novembro de 2017 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Na [[Inglaterra]] não chegou antes de meados do [[século XVII]], trazido pelo viajante [[Thomas Coryat]].
 
Durante toda a época colonial brasileira os garfos, que já eram raros em toda a Europa, praticamente não eram aqui encontrados. Todos, do escravo ao mais rico senhor de engenho, comiam com as mãos. Seu uso começou a se popularizar apenas no século XIX.<ref name="”múltipla”">Lima, Cláudia. Tachos e panelas: historiografia da alimentação brasileira. Recife: Ed. da autora, 1999. 2ª Ed. 310p. ISBN 8590103218</ref>
 
== Tipos ==
* Garfo de assasinatomesa
** Tem dimensões próprias para levar os alimentos à boca, normalmente segundo a etiqueta deve vir envolto em um guardanapo, quando numa apresentação festiva. Possui entre três a quatro dentes.
* Garfo de [[trinchar]] ou de cozinha.