Diferenças entre edições de "Palácio Itamaraty"

46 bytes adicionados ,  23h39min de 2 de março de 2018
sem resumo de edição
(Acréscimo de uma foto do Palácio do Itamaraty.)
}}
 
O '''Palácio Itamaraty''', também conhecido como '''Palácio dos Arcos''', é a sede do [[Ministério das Relações Exteriores do Brasil]], situado em [[Brasília]], capital do [[Brasil]], além de ser considerada a obra-prima de [[Oscar Niemeyer]]<ref name=":0">{{Citar periódico|ultimo=Braziliense|primeiro=Correio|data=2017-03-12|titulo=Joia de Niemeyer, Palácio Itamaraty chega aos 50 anos|url=http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/03/12/interna_cidadesdf,580005/joia-de-niemeyer-palacio-do-itamaraty-chega-aos-50-anos.shtml|jornal=Correio Braziliense|lingua=pt-BR}}</ref>. Com o projeto de [[Oscar Niemeyer|Niemeyer]], cálculo estrutural do [[engenheiro civil|engenheiro]] [[Joaquim Cardoso]] e o projeto executivo desenvolvido pelo arquiteto Milton Ramos, o palácio foi inaugurado oficialmente em [[20 de abril]] de [[1970]] pelo presidente [[Emílio Garrastazu Médici]]<ref name="Inauguração do Itamaraty">{{citar web |url=http://acervo.folha.com.br/fsp/1970/04/21/2/ |título=Inauguração do Itamarati |acessodata=28 de junho de 2013 |data=21 de abril de 1970 |publicado=Folha de S.Paulo}}</ref><ref>{{citar web | url=http://veja.abril.com.br/especiais/brasilia/poesia-concreta-joaquim-cardozo-p-058.html | titulo=A poesia concreta de Joaquim Cardozo | publicado=VEJA | acessodata = 19 de janeiro de 2014}}</ref>, embora sua primeira recepção oficial tenha ocorrido em [[14 de março]] de [[1967]] e tenha ficado aberto a visitação no dia seguinte<ref name=":0" /><ref name=":1">{{Citar periódico|ultimo=Braziliense|primeiro=Correio|data=2017-03-13|titulo=Saiba como é uma visita ao Palácio Itamaraty, que completa 50 anos|url=http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/03/13/interna_cidadesdf,580156/como-visitar-o-palacio-do-itamaraty.shtml|jornal=Correio Braziliense|lingua=pt-BR}}</ref>. Atualmente, três edifícios compõem o complexo do Ministério: o Palácio, o Anexo I e o Anexo II, este conhecido popularmente como "Bolo de Noiva". O palácio possui o maior ''hall'' sem colunas da [[América Latina]], com área de 2 800 metros quadrados<ref name=":1" />, sendo também considerado o prédio mais rico artisticamente e mais bem conservado da [[Esplanada dos Ministérios]]<ref name=":0" />.
de Joaquim Cardozo | publicado=VEJA | acessodata = 19 de janeiro de 2014}}</ref>, embora sua primeira recepção oficial tenha ocorrido em [[14 de março]] de [[1967]] e tenha ficado aberto a visitação no dia seguinte<ref name=":0" /><ref name=":1">{{Citar periódico|ultimo=Braziliense|primeiro=Correio|data=2017-03-13|titulo=Saiba como é uma visita ao Palácio Itamaraty, que completa 50 anos|url=http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/03/13/interna_cidadesdf,580156/como-visitar-o-palacio-do-itamaraty.shtml|jornal=Correio Braziliense|lingua=pt-BR}}</ref>. Atualmente, três edifícios compõem o complexo do Ministério: o Palácio, o Anexo I e o Anexo II, este conhecido popularmente como "Bolo de Noiva". O palácio possui o maior ''hall'' sem colunas da [[América Latina]], com área de 2 800 metros quadrados<ref name=":1" />, sendo também considerado o prédio mais rico artisticamente e mais bem conservado da [[Esplanada dos Ministérios]]<ref name=":0" />.
[[Ficheiro:Palácio Itamaraty by Diego Baravelli.jpg|miniaturadaimagem|Palácio Itamaraty. Brasília - DF - Brasil.]]
 
==Palácio dos Arcos==
"Palácio dos Arcos" foi o primeiro nome dado ao edifício, devido aos arcos da [[fachada]]. No entanto, a tradição do nome "Itamaraty", oriunda do nome da [[Palácio do Itamaraty (Rio de Janeiro)|antiga sede do ministério no Rio de Janeiro]], foi mais forte e o palácio seguiu chamando-se Palácio Itamaraty, apenas com a exclusão do "do" de "Palácio do Itamaraty". Em seu interior, há painéis de artistas como [[Athos Bulcão]], [[Rubem Valentim]], [[Sérgio Camargo]], [[Maria Martins (escultora)|Maria Martins]] e [[afresco]] de [[Alfredo Volpi]]. O [[paisagismo]] interno e externo é de [[Roberto Burle Marx]]. Em frente ao Palácio Itamaraty, sobre o [[espelho d'água]], encontra-se a escultura "Meteoro", desenhada por [[Bruno Giorgi]].
 
A pedra fundamental do palácio foi lançada em [[12 de setembro]] de [[1960]], no entanto, devido às dificuldades técnicas para atender às inovações do projeto, este só foi oficialmente concluído e inaugurado, no Dia do Diplomata, em 20 de abril de [[1970]] pelo presidente [[Emílio Garrastazu Médici]] e pelo Ministro das Relações Exteriores, embaixador [[Mário Gibson Barbosa]].
 
O palácio é o local onde o chefe de Estado recepciona seus pares e demais autoridades estrangeiras, sendo, assim, um espaço cerimonial por excelência<ref name=":2">{{citar livro|título=Guia de obras de Oscar Niemeyer|ultimo=Instituto de Arquitetos do Brasil|primeiro=|editora=Câmara dos Deputados, Edições Câmara|ano=2010|local=Brasília|páginas=50-55|acessodata=28 de dezembro de 2017}}</ref> e inclusive já recebeu visitas ilustres de personalidades como [[Pelé]], na sua inauguração, em [[1970]]<ref name="Inauguração do Itamaraty"/> e de chefes de estado como a [[Isabel II do Reino Unido|Rainha Elizabeth II]] do [[Reino Unido]], em [[1968]], sendo sua recepção considerada uma das mais chiques da capital<ref>{{Citar periódico|ultimo=Braziliense|primeiro=Correio|data=2017-03-14|titulo=Palácio Itamaraty, que hoje completa 50 anos, tem mobiliário restaurado|url=http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/03/14/interna_cidadesdf,580448/palacio-itamaraty-restaura-mobiliario-nos-50-anos-do-predio.shtml|jornal=Correio Braziliense|lingua=pt-BR}}</ref>, também dos presidentes americanos [[Ronald Reagan]], em [[1982]]<ref name="Reagan elogia a abertura e exalta amizade com o Brasil">{{citar web |url=http://pt.scribd.com/doc/50970542/1982-Visita-do-presidente-Ronald-Reagan-ao-Brasil |título=Reagan elogia a abertura e exalta amizade com o Brasil |acessodata=28 de junho de 2013 |data=2 de dezembro de 1982 |publicado=Zero Hora}}</ref> e de [[Barack Obama]], em [[2011]]<ref>{{citar web |url=http://www1.folha.uol.com.br/mundo/891144-apos-almoco-obama-deixa-palacio-do-itamaraty.shtml|título=Após Almoço, Obama deixa Palácio do Itamaraty |acessodata=28 de junho de 2013 |data=19 de março de 2011 |publicado=Folha de S.Paulo}}</ref>.
 
No [[protestos no Brasil em 2013#Protestos de 20 de junho|protesto de 20 de junho de 2013]], ocorrido em Brasília, em que se reivindicavam diversas mudanças ao Governo Federal, vidraças do prédio foram apedrejadas, algumas paredes pichadas e parte da fachada incendiada por um [[coquetel molotov]] jogado por manifestantes<ref>{{citar web |url=http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2013/06/manifestacao-em-brasilia-tem-3-presos-e-mais-de-120-feridos.html|título=Manifestações em Brasília tem 3 presos e mais de 120 feridos |acessodata=28 de junho de 2013 |data=21 de junho de 2013|publicado=G1}}</ref>.
 
== Acervo ==
[[Ficheiro:Palácio Itamaraty by Diego Baravelli.jpg|miniaturadaimagem|esquerda|Palácio Itamaraty., em Brasília - DF - Brasil.]]
 
Durante o cinquentenário do Palácio Itamaraty (contando a partir de sua primeira recepção oficial e abertura ao público, em 1967), membros do Instituto de Artes da [[Universidade de Brasília]] (UnB) fizeram o levantamento detalhado do acervo de obras do Palácio. A equipe da UnB cadastrou 580 obras de arte no Itamaraty. Apenas de gravuras, há 450. Muitas formam coleções completas de autores nacionais. Pinturas, colagens e desenhos chegam a 92. Estão fora da contagem as peças de mobiliário. Mas só de cadeiras Bahia e Arcos, dois ícones do design brasileiro, há mais de 90. Ambos foram concebidos pelo então jovem arquiteto carioca Bernardo Figueiredo (1934-2012). Os especialistas também observaram as obras expostas em gabinetes de diplomatas e de assessores, pois lá havia obras compradas, em sua maioria, com dinheiro público, porém que nunca foram exibidas à população. Sendo a divulgação dessas obras uma das finalidades do projeto<ref name=":0" />.
 
== Ver também ==
* [[Palácio do Itamaraty (Rio de Janeiro)]]
 
{{Referências|col=2}}
 
{{portal3|Arquitetura e Urbanismo}}
== Ligações externas ==
{{commonscat|Palácio do Itamaraty, Brasília}}
* [http://WikiMapia.org/#lat=-15.802064&lon=-47.867947&z=18&l=0&m=a&v=2 Implantação no WikiMapia]{{small|acessado em 28/10/2008}}
 
{{Obras de Oscar Niemeyer}}
{{esboço-arquitetura}}
{{Obras de Oscar Niemeyer}}
{{controle de autoridade}}
{{portal3|Arquitetura e Urbanismo|Brasília|Brasil|Relações internacionais}}
 
[[Categoria:Palácios do Distrito Federal|Itamaraty]]
173 116

edições