Diferenças entre edições de "Arte"

10 bytes adicionados ,  22h11min de 4 de março de 2018
{{Artigo principal|Arte moderna|Arte contemporânea}}
 
Entre meados do século XIX e o início do século XX, se lançaram as bases da [[Idade Contemporânea|sociedade contemporânea]], marcada no terreno político pelo fim do [[absolutismo]] e a instauração dos governos [[democracia|democráticos]]. No campo [[economia|econômico]], marcaram, esta fase, a [[Revolução Industrial]] e a consolidação do [[capitalismo]], que tiveram respostas nas doutrinas de [[esquerda (política)|esquerda]] como o [[marxismo]], e na [[luta de classes]]. Na arte, o que tipifica o período é a multiplicação de correntes grandemente diferenciadas. Até o fim do século XIX, surgiram, por exemplo, o [[realismo]], o [[impressionismo]], o [[simbolismo]] e o [[pós-impressionismo]].<ref>Azcárate Ristori, José María de; Pérez Sánchez, Alfonso Emilio; Ramírez Domínguez, Juan Antonio. ''Historia del Arte''. Anaya, Madrid, 1983, pp. 773-837.</ref>
 
O século XX se caracterizou por uma forte ênfase no questionamento das antigas bases da arte, propondo-se a criar um novo paradigma de cultura e sociedade e derrubar tudo o que fosse tradição. Até meados do século, as vanguardas foram enfeixadas no rótulo de [[arte moderna|modernistas]], e desde então elas se sucedem cada vez com maior rapidez, chegando aos dias de hoje a um estado de total pulverização dos estilos e estéticas, que convivem, dialogam, se influenciam e se enfrentam mutuamente. Também surgiu uma tendência de solicitar a participação do público no processo de criação, e incorporar, ao domínio artístico, uma variedade de temas, estilos, práticas e tecnologias antes desconhecidas ou excluídas. Entre as inúmeras tendências do século XX, podemos citar: ''[[art nouveau]]'', [[fauvismo]], [[pontilhismo]], [[abstracionismo]], [[expressionismo]], [[realismo socialista]], [[cubismo]], [[futurismo]], [[dadaísmo]], [[surrealismo]], [[funcionalismo (arquitetura)|funcionalismo]], [[Arte construtivista|construtivismo]], [[informalismo]], [[arte pop]], [[neorrealismo]], artes de ação ([[performance]], ''[[happening]]'', ''[[fluxus]]'', [[instalação (arte)|instalação]]), ''[[op art]]'', [[videoarte]], [[minimalismo]], [[arte conceitual]], [[fotorrealismo]], ''[[land art]]'', [[arte povera]], ''[[body art]]'', [[Pós-modernidade|arte pós-moderna]], [[transvanguarda]], [[neoexpressionismo]], [[hiper-realismo]].<ref>González, Antonio Manuel. ''Las claves del arte. Últimas tendencias''. Planeta, Barcelona, 1991, pp. 7-61</ref>
Imagem:LE TUNNEL SOUS L'ATLANTIQUE (2).jpg|''O túnel sob o Atlântico'', instalação e performance de [[Maurice Benayoun]], 1995
|''A respiração do deserto'', 1997, land art de Danae Stratou, Alexandra Stratou e Stella Constantinides
Imagem:Guggenheim museum Bilbao HDR-image.jpg|Prédio do [[Museu Guggenheim Bilbao]] em Bilbao, projetado por [[Frank Gehry]]
Imagem:Motel Office painted mid on '80th.jpg|thumb|Guerrino Boatto: ''Motel office'', 1985, [[hiper-realismo]].
</gallery>