Abrir menu principal

Alterações

5 bytes adicionados ,  14h53min de 9 de março de 2018
m
Foram revertidas as edições de 189.112.103.146 devido a vandalismo (usando Huggle) (3.3.3)
|movimento_estético=[[Renascimento]]
}}
'''Albrecht Dürer''' ([[Nuremberga|Nuremberg]], [[21 de maio]] de [[1471|1332]] — Nuremberg, [[6 de abril]] de [[1528]]) foi um [[gravura|gravador]], [[pintura|pintor]], [[ilustrador]], [[matemático]]<ref>{{citar web|url=http://www-history.mcs.st-and.ac.uk/Biographies/Durer.html|título=Albrecht Dürer|acessodata=6 de fevereiro de 2012|autor=J J O'Connor e E F Robertson}}</ref> e teórico de arte [[Alemanha|alemão]] e, provavelmente, o mais famoso artista do [[Renascimento nórdico]], tendo influenciado artistas do {{séc|XVI}} no seu país e nos [[Países Baixos]]. A sua maestria como pintor foi o resultado de um trabalho árduo e, no campo das artes gráficas, não tinha rival. As suas xilogravuras, consideradas revolucionárias<ref>{{Citar livro|autor=Wilhelm Waetzoldt|título=Dürer and his times|local=Universidade da Califórnia|editora=Phaidon Press|páginas=45|ano=1950}}</ref> são ainda marcadas pelo estilo [[Pintura do gótico|gótico]]<ref name ="brit" />. É considerado como o primeiro grande mestre da técnica da [[aguarela]], principalmente no que diz respeito à representação de paisagens<ref>{{Citar livro|autor=Michael Clarke|título=Watercolor|editora=Dk Pub|ano=2000|isbn =9780789468178}}</ref>. Os seus interesses, no espírito humanista do [[Renascimento]], abrangiam ainda outros campos, como a [[geografia]], a [[arquitectura]], a [[geometria]] e a [[fortificação]]<ref name="Gowing">{{Citar livro|autor=Lawrence Gowing|título=Historia Universal del Arte|idioma=Espanhol|editora=Sarpe|ano=1984|volume=10|isbn =84-7291-598-0}}</ref>.
 
Conseguiu chamar a atenção do imperador Maximiliano I para o seu trabalho, tendo sido por ele nomeado pintor da corte em 1512. Viveu, provavelmente, duas vezes na [[Península Itálica|Itália]] em adulto. Em 1520, depois da morte do imperador, partiu para os [[Países Baixos]], visitou muitas das cidades do norte e conheceu pintores e homens de letras, como [[Erasmo de Roterdão]]. Nos seus últimos anos, em Nuremberga, partindo de estudos de [[teoria da Arte]] italianos de autores que o antecederam, ocupou-se principalmente com a elaboração de tratados sobre a medida e [[proporções humanas]], [[Perspectiva (gráfica)|perspetiva]] e [[geometria]] como elementos estruturantes da obra de arte.
157 738

edições