Abrir menu principal

Alterações

501 bytes adicionados ,  21h51min de 9 de março de 2018
sem resumo de edição
 
O Planalto Brasileiro é notável ​​devido a grande diversidade encontrada lá: na região há vários [[Biomas do Brasil|biomas]], condições climáticas, geoquímica divergente (por exemplo, o tipo rochoso encontrado na divisa SC-RS e em Torres diverge bastante do encontrado na Serra da Borborema, que é mais parecido com o que se vê na serra capixaba por exemplo) e milhares de espécies animais e vegetais diferentes.
 
==Subunidades==
Segundo [[Aroldo de Azevedo]] (1949), o Planalto Brasileiro é subdividido em cinco subunidades:<ref>AZEVEDO, Aroldo de. O Planalto Brasileiro e o problema da classificação de suas formas de relevo. ''Boletim Paulista de Geografia'', n. 2, p. 43-50, julho de 1949. [https://agb.org.br/publicacoes/index.php/boletim-paulista/article/view/1417/1275 link]. [Ver p. 43-44, 51-53].</ref>
* [[Planalto Central]]
* [[Planalto Meridional]]
* [[Planalto do Meio-Norte]] (ou do Maranhão-Piauí)
* [[Planalto Nordestino]] (ou da Borborema)
* [[Serras e Planaltos do Leste e Sudeste]].
 
== Topografia ==
 
Suas principais [[cordilheira]]s são a [[Serra da Mantiqueira]], a [[Serra do Mar]] e a [[Serra Geral]]. A altitude média das serras gira em torno de 1.200 metros acima do nível do mar. Os principais [[pico]]s são o [[Pico das Agulhas Negras]] (2.791 metros), na Serra da Mantiqueira, e o [[Pico Maior de Friburgo]] (2.232 metros), na Serra do Mar.
 
É subdividido em três partes: o [[Planalto Meridional]], o [[Planalto Central]] e o [[Planalto Atlântico]].
 
=== Tipos ===
* O segundo tipo de planaltos encontrados no Brasil corresponde ao de "cinturão [[orogênese|orogênicos]]", muito antigo, de diversa idade do pré-cambriano, muito desgastado pelas várias fases erosivas ocorridas, ainda guardando um aspecto serrano. Devido aos vários dobramentos, aparecem, além das rochas metamórficas, muitas intrusões e até efusões vulcânicas.Esses cinturões são os do Atlântico, o de Brasília e o do Paraguai-Araguaia, e, nas exposições de intrusões, aparecem os núcleos arqueados, como o de Borborema e Sul-Riograndense.
* O último tipo de planaltos que vamos encontrar no território brasileiro é o das três grandes bacias sedimentares: Amazônica, do Parnaíba ou Maranhão e a do Paraná. Os planaltos aí formados constituem-se de rochas sedimentares do Paleozoico e do Mesozoico, produzidas por depósitos marinhos e continentais.Os Planaltos você encontra em muitas região do Brasil Norte,Sul,Centro-Oeste,Nordeste e Sudoeste.
 
{{referências}}
 
== {{Ver também}} ==
4 496

edições