Abrir menu principal

Alterações

74 bytes adicionados ,  12h49min de 11 de março de 2018
m
manutencao
{{Info/Biografia/Wikidata}}
 
[[Ficheiro:20070414 - Estatua de don Álvaro de Luna.jpg|thumb|200px|Estátua de Dom Álvaro de Luna em [[Cañete (Cuenca)|Cañete]]]]
'''Álvaro de Luna''' ([[1388]] — [[2 de junho]] de [[1453]]) foi um [[nobreza|nobre]] [[Espanha|espanhol]]; [[duque]] de [[Trujillo (Espanha)|Trujillo]] e [[conde]] de [[Ledesma]]. Um dos grandes senhores que tiveram forte influência na [[corte]] dos [[monarca]]s castelhanos, era o favorito de [[João II de Castela|João II]]. Está enterrado na capela de Santiago, na charola da [[catedral de Toledo]].
Era filho natural de Álvaro Martinez de Luna, um nobre castelhano e de María Fernández de Jarana (La Cañeta). Foi introduzido na corte como criado pelo seu tio Pedro de Luna, arcebispo de Toledo, em [[1410]]. Álvaro garantiu logo uma grande ascendência sobre João II, então um menino. Durante a regência do tio do rei, Fernando, que terminou em [[1412]], não pode ascender mais do que o posto de servente. Quando, no entanto, Fernando foi eleito rei de [[Aragão]], a regência ficou nas mãos da mãe do rei, [[Catarina de Lencastre]], filha de [[João de Gante]], neta de Pedro o Cruel, uma mulher louca e dissoluta.
 
{{Esboço-biografia}}
 
{{Portal3|Biografias|História|Espanha}}
 
 
{{controlo de autoria}}
{{DEFAULTSORT:Luna, Alvaro De}}
[[Categoria:Nobres da Espanha]]