Diferenças entre edições de "Rachel Wall"

161 bytes adicionados ,  00h41min de 17 de março de 2018
 
=== Prisão e execução ===
Eventualmente, após seu marido e a tripulação terem sido levadaslevados para o mar por acidentes,<ref name="CV"/><ref name="Seva"/> Rachel voltou para [[Boston]] e retomou o seu papel de serventa. No entanto, ela ainda gostava de ir às docas e se esgueirar para barcos abrigados, roubando coisas de dentro deles. Seu roubo final ocorreu quando viu uma jovem chamada Margaret Bender, usandoque usava um gorro que Rachel cobiçava. Ela tentou roubar o gorroroubá-lo e rasgar a língua de Margaret, mas foi pega e presa. A 10 de setembro de 1789, Wall foi julgada por tentativa de roubo, mas solicitou que fosse julgada como pirata, embora soubesse que nunca havia matado ninguém.<ref name="Seva"/> Porém, ela terminou sendo acusada de roubo e condenada à execução por enforcamento no dia 8 de outubro de 1789.<ref name="KB">{{Citar web|url=http://www.katyberry.com/Dorianne/pirates.html|titulo=Historical Female Pirates|wayb=20180130165652|língua=inglês|publicado=katyberry.com}}</ref> Relatos indicam que ela tenha citado como suas palavras finais: "...nas mãos do Deus Todo-Poderoso, cometo minha alma, confiando na sua misericórdia... e morro como um membro indigno da Igreja Presbiteriana, no 29º ano de minha vida", como suas palavras finais.<ref>''{{citar livro|título=Piracy, Mutiny, and Murder'', pages |p=68-76. by |autor=Edward Rowe Snow. Published by |editora=Dodd Mead, in |data=1959|asin=B0007DZ5E6}}.</ref> Sua morte marcou a última ocasião em que uma mulher foi enforcada em [[Massachusetts]].<ref name="CV"/>
 
== Referências ==