Abrir menu principal

Alterações

1 008 bytes adicionados, 17h09min de 18 de março de 2018
A fábrica também tem sua história ligada ao futebol, pois foi o berço do Bangu Atlético Clube, fundado em 1904 e também foi o local onde foi realizada a 1ª partida de futebol do Brasil. Thomas Donohoe, que hoje tem sua estátua no Bangu Shopping, foi operário da fábrica e morador do bairro e trouxe o futebol como recreação para seus colegas de trabalho e operários da fábrica. O esperto foi implantado por técnicos escoceses, como ele, e ingleses, que vieram da Europa para trabalhar na indústria têxtil. Em 2000, o prédio da Fábrica é tombado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, mostrando assim sua importância, não só para o bairro de Bangu como também para a cidade do RJ. Com o passar das décadas, a atividade têxtil foi desacelerando, outros empreendimentos foram se instalando na região e a influência da fábrica diminuindo. Em 5 de fevereiro de 2004, a fábrica encerra suas atividades e o bairro deixa sua função fabril para assumir-se como um bairro comercial e residencial.
A Bangu, sempre pioneira, dava excelente assistência aos seus operários. Além de moradia, em 1906 criou uma Caixa Beneficente para atendimento médico, pagamento de enterros e outros tipos de auxílios. Em 1908 a Bangu instalou no bairro rede telefônica e em 1910 a Rio Light fez a ligação elétrica ao bairro, que passou a ter iluminação pública nas ruas.
 
A fábrica também tem sua história ligada ao futebol, pois foi o berço do Bangu Atlético Clube, fundado em 1904 e também foi o local onde foi realizada a 1ª partida de futebol do Brasil. Thomas Donohoe, que hoje tem sua estátua no Bangu Shopping, foi operário da fábrica e morador do bairro e trouxe o futebol como recreação para seus colegas de trabalho e operários da fábrica. O esperto foi implantado por técnicos escoceses, como ele, e ingleses, que vieram da Europa para trabalhar na indústria têxtil.
A Fábrica Bangu encerrou suas atividades na Rua Fonseca no ano de 2005. Atualmente esta produzindo tecidos de alta qualidade - para os segmentos de moda e decoração - na cidade fluminense de Petrópolis. No seu terreno em Bangu, foi construído um shopping center que ainda mantem suas características arquitetônicas originais, inaugurado no dia 30 de outubro de 2007 chamado [[Bangu Shopping]].
 
Em 2000, o prédio da Fábrica é tombado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, mostrando assim sua importância, não só para o bairro de Bangu como também para a cidade do RJ. Com o passar das décadas, a atividade têxtil foi desacelerando, outros empreendimentos foram se instalando na região e a influência da fábrica diminuindo. Em 5 de fevereiro de 2004, a fábrica encerra suas atividades e o bairro deixa sua função fabril para assumir-se como um bairro comercial e residencial.
 
A Fábrica Bangu encerrou suas atividades na Rua Fonseca no ano de 2005. Atualmente esta produzindo tecidos de alta qualidade - para os segmentos de moda e decoração - na cidade fluminense de Petrópolis. No seu terreno em Bangu, foi construído um shopping center que ainda mantem suas características arquitetônicas originais, inaugurado no dia 30 de outubro de 2007 chamado [[Bangu Shopping]].
 
{{referências}}https://jornalggn.com.br/noticia/fabrica-bangu-uma-das-lideres-da-primeira-grande-onda-de-industrializacao-brasileira
https://diariodorio.com/historia-da-fabrica-de-tecidos-de-bangu/
 
http://bangushopping.com/pt_br/conteudo/historia.htm
<nowiki/>{{Esboço}}
{{Portal3|Rio de Janeiro}}
6

edições