Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido ,  20h17min de 18 de março de 2018
sem resumo de edição
{{ver desambiguação}}
{{Série Gerações}}
'''Geração X''' é uma expressão que se refere à [[geração]] nascida após o ''[[baby boom]]'' pós-[[Segunda Guerra Mundial]].<ref name="autogenerated1">{{citar jornal| url=http://www.time.com/time/arts/article/0,8599,1731528,00.html |obra=Time |título=Gen-X: The Ignored Generation? |data=2008-04-16 |acessodata=2010-05-03 |primeiro =M.J. |último =Stephey}}</ref> Embora não haja acordo em relação ao período que a expressão abrange,<ref name="Encyclopedia of Identity">[http://books.google.com/books?id=C2WmSCOBR2IC&pg=PA307&dq=%22Generation+X%22+%22baby+bust%22&hl=en&ei=1COvTNWNIsSclgfgjMHnDw&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=2&ved=0CDEQ6AEwAQ#v=onepage&q=%22Generation%20X%22%20%22baby%20bust%22&f=false Encyclopedia of Identity] By Ronald L. Jackson, II</ref> ela geralmente inclui as pessoas nascidas a partir dode iníciomeados dos [[Década de 1960|anos 1960]] até o final dos [[Década de 1970|anos 1970]], podendo alcançar o início dos [[Década de 1980|anos 1980]], sem contudo ultrapassar [[1981]].<ref name="r5">Strauss, William & Howe, Neil. ''Generations: The History of America's Future, 1584 to 2069''. Perennial, 1992 (Reprint). ISBN 0-688-11912-3 p. 324</ref><ref>{{citar jornal|url=http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2008/02/29/AR2008022903658_pf.html |título=Non-Toxic Tots |último =Shin |primeiro =Annys |data=2008-01-03 |publicado=[[Washington Post]] |acessodata=2010-09-28 }}</ref><ref name=Carlson1>{{citar livro|último =Carlson |primeiro =Elwood |título=The Lucky Few: Between the Greatest Generation and the Baby Boom |data= 2008-06-30|publicado=Springer |local= | isbn=978-1-4020-8540-6 | url=http://books.google.com/books?id=zUJgaHde6YUC&lpg=PP1&pg=PT45&hl=en#v=onepage&q&f=false}}</ref> Como Fran Kick explica, não existe uma linha rígida a separar 31 de dezembro de um ano de 1 de janeiro do ano seguinte. Frequentemente, a mudança entre gerações ocorre ao longo de 3 a 5 anos, talvez mais, dependendo de para quem se pergunta.<ref name=Carlson2>{{citar livro|último =Carlson |primeiro =Elwood |título=The Lucky Few: Between the Greatest Generation and the Baby Boom |data= 2008-06-30|publicado=Springer |local= | isbn=978-1-4020-8540-6 |página=29 | url=http://books.google.com/?id=zUJgaHde6YUC&lpg=PP1&pg=PT45#v=onepage}}</ref><ref>{{citar livro|título=What makes kids kick:inspiring the millennial generation to kick it |último = Kick |primeiro =Fran |publicado=Instruction & Design Concepts |ano=2005 |url=http://books.google.be/books?id=FC2YMewhvdoC&pg=PA33#v=onepage&q&f=false |páginas=33 }}</ref>
 
Alternativamente, o termo também foi usado em diversos tempos e lugares para referir-se a várias [[subcultura]]s e [[contracultura]]s diferentes desde [[1950]].<ref name="Ulrich">{{citar livro|url=http://books.google.com/books?id=v10ZUR_Ca3EC&lpg=PA3&pg=PA3#v=onepage&q&f=false |título=GenXegesis: essays on alternative youth |capítulo=Introduction: A (Sub)cultural Genealogy |autor =Ulrich, John |editor=Andrea L. Harris |páginas=3}}</ref>
Utilizador anónimo