José de Paiva Netto: diferenças entre revisões

549 bytes removidos ,  21 de março de 2018
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Remoção considerável de conteúdo
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Em [[1956]] iniciou seu trabalho junto ao fundador da Legião da Boa Vontade, também conhecida como LBV, o jornalista, radialista, escritor e poeta [[Alziro Zarur]], tornando-se um de seus principais assessores durante quase um quarto de século. Mais tarde, tornou-se Secretário-Geral da Instituição (cargo equivalente ao de Vice-Presidente). Com o falecimento de Zarur em [[1979]], sua esposa Iracy Zarur, sucedeu-o juntamente com seus dois filhos Paulo e Pedro. Paiva Netto sucedeu-os.
 
Preside a Legião da Boa Vontade desde [[1979]].
Preside a Legião da Boa Vontade desde [[1979]], tendo multiplicado os programas de Promoção Humana, Social e Educacional da Instituição. Lançou na LBV o lema ''Educação e Cultura, Alimentação, Saúde e Trabalho com Espiritualidade Ecumênica'', marca de uma ação comunitária, que prima pelo elevado padrão qualitativo no amparo às populações que vivem em situação de risco social e pessoal. Hoje, a LBV atua em todo o País, por meio de escolas de educação básica; lares para crianças, adolescentes e idosos; centros comunitários e educacionais e campanhas socioeducativas.
 
Esse trabalho foi levado a outros países. Atualmente, essa iniciativa solidária é desenvolvida pela Legião da Boa Vontade da [[Argentina]], do [[Uruguai]], do [[Paraguai]], da [[Bolívia]], de [[Portuga]]l e dos [[Estados Unidos]], e em diversas regiões do mundo. A LBV foi a primeira organização não-governamental brasileira a associar-se ao [[Departamento de Informação Pública das Nações Unidas]] (DPI), a partir de 1994. Em [[1999]], tornou-se também a primeira ONG do Brasil a conquistar na [[ONU]] o status consultivo geral no Conselho Econômico e Social (Ecosoc). E, em [[2000]], passou a integrar a Conferência das ONGs com Relações Consultivas para as Nações Unidas (Congo), em [[Viena]], na [[Áustria]].