Diferenças entre edições de "Imunoglobulina"

4 bytes adicionados ,  20h17min de 2 de abril de 2018
m
 
===Abzimas===
A maioria dos anticorpos diferenciam-se doutras proteínas por não apresentarem catálise [[enzima|enzimática]] na sua função, pelo que tradicionalmente se consideram proteínas de reconhecimento de superfícies moleculares. Porém, na década de 1990 e princípios do século XXI, verificou-se em diversos estudos de imunologia anticorpos com propriedades catalíticas. Tais anticorpos receberam o nome de [[abzima]]s. É possível encontrá-los em baixas quantidades no soro de pessoas saudáveis. Um exemplo da existência das abzimas no corpo humano foi a detecção de abzimas contra o [[ADN]] no [[leite materno]].<ref>{{citar livro|autor=Altria, KD|título=Capillary Electrophoresis Guidebook Principles, Operation, and Applications| página= 226|ano=1996|editora=Humana Press|isbn= 1-59259-538-3}}</ref> Entre outras, estas actividades catalíticas detectadas são a de peptidases inespecíficas e amilolíticas (degradação de amido). Por outro lado, observou-se um aumento no nível de abzimas em [[Doença autoimune|doenças de tipo [[auto-imunitáriasimunes]]. Porém, normalmente fabricam-se de forma artificial gerando anticorpos contra o composto intermediário de uma reacção para a qual se deseja criar uma enzima. Em certas ocasiões podem ter aplicações terapêuticas e industriais.<ref>{{citar periódico|autor=Blackburn, GM y colaboradores:|título=Toward antibody-directed "abzyme" prodrug therapy, ADAPT: carbamate prodrug activation by a catalytic antibody and its in vitro application to human tumor cell killing|ano=1996|revista=[[PNAS]] |volume=93| número=2| url=http://www.pnas.org/content/93/2/799.full.pdf+html}}</ref><ref>{{citar livro|autor=Shiro Kobayashi, Helmut Ritter, David Kaplan|título=Enzyme-Catalyzed Synthesis of Polymers, |páginas= 206|ano=2006|editora=Birkhäuser|isbn= 3-540-29212-8}}</ref>
 
;Nanoanticorpos
37 966

edições