Diferenças entre edições de "Nova Lima"

33 bytes adicionados ,  22h16min de 2 de abril de 2018
→‎Século XIX: expansão e apogeu: Corrigindo um erro na ortografia
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de Eduardo bnh, com Reversão e avisos)
(→‎Século XIX: expansão e apogeu: Corrigindo um erro na ortografia)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
=== Século XIX: expansão e apogeu ===
Ao passo em que o século XVIII foi o auge do [[ciclo do ouro]] no estado de Minas Gerais, e da maior era de prosperidade de cidades como [[Ouro Preto]] e [[Mariana]], o grande período de efervescência de Nova Lima se deu a partir de [[1834]]. Nesse ano, a companhia inglesa ''Saint John del Rey Mining Company'' comprou a antiga mina de Morro Velho(onde meu pai trabalhou sksksksk) e, a partir de então, a exploração da mina passou a ser feita de forma mais organizada e com tecnologias até então pouco comuns no Brasil para a atividade. Com isso, a produtividade da mina aumentou vertiginosamente a sua produção, chegando a ser responsável, em [[1879]], por 83% do ouro exportado pela [[província de Minas Gerais]]. <ref name=":0">{{Citar web|url=http://www.descubraminas.com.br/Turismo/DestinoPagina.aspx?cod_destino=13&cod_pgi=2278|titulo=SENAC Minas Gerais - DescubraMinas|acessodata=2016-11-26|obra=www.descubraminas.com.br}}</ref>
 
À explosão na produção aurífera, seguiu-se um desenvolvimento considerável nas pequenas manufaturas locais, que abasteciam a mina com os materiais necessários, e no setor de serviços, com o surgimento de vendas, hospitais, bibliotecas e demais serviços. Estes, por sua vez, também impulsionavam as manufaturas, e os três setores, juntos, foram responsáveis pelo aumento na população local. <ref name=":0" />
Utilizador anónimo