Diferenças entre edições de "Nomadismo"

1 byte removido ,  11h09min de 4 de abril de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:14c:87c3:880b:f4e6:41aa:b534:83b7, com Reversão e avisos
(Correção de erro)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:14c:87c3:880b:f4e6:41aa:b534:83b7, com Reversão e avisos)
Usualmente são os povos do tipo [[caçador-colector|caçadores-coletores]] ou [[pastorícia|pastores]], mudando-se a fim de buscar novas [[pastagem|pastagens]] para o [[gado]], quando se esgota aquela em que estavam. Os nômades não se dedicam à [[agricultura]] e frequentemente ignoram [[fronteira]]s nacionais na sua busca por melhores pastagens.
 
A maioria dos antigos povos nômades tornaram-se sedentários com a descoberta da agricultura. No entanto, ainda hoje subsistem sociedades nômades, como algumas tribos de [[tuaregues]] do [[SaaharaSahara]].
 
O nomadismo na economia recolectora era motivado pela deslocação das populações que, na procura constante de alimentos, acompanhavam as movimentações dos próprios animais que pretendiam caçar, procuravam os locais onde existiam frutos ou plantas para recolher ou necessitavam de se defender das condições climáticas ou dos predadores. Este tipo de nomadismo manteve-se entre as comunidades que persistiram no [[modo de produção]] recolector.
113 261

edições