Diferenças entre edições de "Carijós"

148 bytes adicionados ,  20h04min de 4 de abril de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.33.162.33, com Reversão e avisos
Etiquetas: Editor Visual Referências removidas
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.33.162.33, com Reversão e avisos)
Os carijós estavam virtualmente extintos em meados do [[século XVIII]], vítimas da escravização nas plantações de cana-de-açúcar da [[Baixada Santista]].<ref name="BUENO, E. 1999. p. 58">BUENO, E. ''Capitães do Brasil: a saga dos primeiros colonizadores''. Rio de Janeiro. Objetiva. 1999. p. 58.</ref>
 
== Etimologia/ origem da palavra ==
"Carijó" é oriundo do termo [[Língua tupi|tupi]] ''karai-yo'', que significa "descendentes dos anciões",<ref name="BUENO, E. 1999. p. 58"/> ou então é oriundo do tupi antigo ''kariîó''.<ref>NAVARRO, E. A. ''Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil''. São Paulo. Global. 2013. p. 222.</ref>
 
== Costumes ==
100 842

edições