Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 11h33min de 5 de abril de 2018
As ginjas requerem condições de cultivo semelhantes às das [[pêra]]s, ou seja, preferem um [[solo]] rico, escorrido e húmido, apesar de necessitarem de mais [[nitrogénio]] e [[água]] que as cerejas doces. Também sofrem menos de pragas e doenças que as cerejas doces, apesar de os pássaros poderem consumir uma parte considerável dos frutos. Durante o Verão, os frutos devem ser protegidos por redes. Ao serem colhidas, devem ser cortadas da árvore, para evitar partir os ramos ao puxar. A variedade ''Morello'' resiste bem à congelação, mantendo o seu sabor intacto.
 
Ao contrário da maior parte das variedades de cerejas doces, as ginjas produzem [[pólen]] para si mesmas, o que significa serem necessárias populações de polinizadores bastantebem mais pequenasmenores, dado que o pólen só necessita ser transportado dentro de uma dada flor. Em áreas de escassez de polinizadores, a criação de [[colmeia]]s perto dos campos pode constituir uma ajuda para melhorar as colheitas.
 
Algumas variedades são utilizadas na produção de [[Kriek]], um tipo de [[cerveja]] oriundo da [[Bélgica]]. A ''Schaarbeekse krieken'' é uma dessas variedades, podendo ser encontrada na região de [[Bruxelas]]. "Kriek" significa precisamente "ginja", no [[Língua neerlandesa|neerlandês]] [[Língua flamenga|flamengo]] falado na Bélgica (nos [[Países Baixos]], a ginja é conhecida por ''zure kers'' ou ''morel'').
Utilizador anónimo