Diferenças entre edições de "Guerras Púnicas"

16 bytes removidos ,  13h58min de 8 de abril de 2018
sem resumo de edição
As '''Guerras Púnicas''' consistiram numa série de três conflitos que opuseram a [[República Romana]] e a República de [[Civilização cartaginesa|Cartago]], [[cidade-estado]] [[fenícia]], no período entre [[264 a.C.]] e [[146 a.C.]]. Depois de quase um século de lutas, ao fim das Guerras Púnicas, Cartago foi totalmente destruída e Roma passou a dominar o [[mar Mediterrâneo]]<ref name="AVENTURAS">AVENTURAS NA HISTÓRIA, São Paulo: Abril, Ed. 1, fevereiro de 2007</ref>.
 
O adjetivo "púnico" deriva do nome dado aos cartagineses pelos romanos (''Punici'')<ref name=AVENTURAS/> (de ''Poenici'', ou seja, de ascendência fenícia)
 
Localizada no [[norte da África]], por volta do [[século III a.C.]] Cartago dominava o comércio do [[Mediterrâneo]]. Os ricos comerciantes cartagineses possuíam diversas colônias na [[Sardenha]], [[Córsega]] e a oeste da [[Sicília]] ([[ilha]]s ricas na produção de [[cereal|cereais]]), no sul de [[Península Ibérica]] (onde exploravam minérios como a [[prata]]) e em toda costa setentrional da [[África]].
1

edição