Abrir menu principal

Alterações

5 bytes adicionados ,  17h45min de 9 de abril de 2018
{{quote2|Desde então, 'Geração X' sempre significou um grupo de jovens, aparentemente sem identidade, a enfrentar um incerto, mal definido, talvez hostil, futuro. Aparições posteriores do termo, em meados dos anos 1960 e meados de 1970, mudaram sua abrangência de geração global, atribuída por Capa, para conjuntos específicos de subculturas da juventude britânica, constituídos principalmente de homens [[brancos]] da classe [[trabalhador]]a, desde os ''[[mod]]s'' e seus rivais ''[[Rocker (motoqueiros)|rockers]]'' até a subcultura ''minecraft'', mais abertamente contestadora.<ref name="Ulrich"/>}}
 
O termo não foi usado por Jane Deverson em um estudo de 1964 a respeito da juventude britânica. Deverson foi convidada pela revista ''[[Woman's Own]]'' para entrevistar os [[Adolescência|adolescentes]] da época. O estudo revelou uma geração de adolescentes para quem era normal manter [[Relação sexual|relações sexuais]] antes do [[casamento]], que não acreditavam muito em [[Deus]], que não gostavam da [[Isabel II do Reino Unido|rainha Elizabeth II]] e não respeitavam os [[pais]]. Na época, ainda sequer havia sido cunhada a expressão "Geração Apática", ou ''[[Slacker generation]]'', e o estudo foi considerado inadequado para a revista. Deverson, em uma tentativa de salvar sua pesquisa, trabalhou com o jornalista Charles Hamblett para criar um livro a partir do estudo. Hamblett decidiu nomeá-lo [http://en.wikipedia.org/wiki/Generation_X_%281965_book%29 Geração X].<ref>Asthana, Anushka & Thorpe, Vanessa. "[http://observer.guardian.co.uk/uk_news/story/0,6903,1396618,00.html Whatever happened to the original Generation X?]". ''[[The Observer]]''. January 23, 2005.</ref>
 
O termo somente viria a ser popularizado pelo [[romance]] "Geração X: contos para uma cultura acelerada" ([[1991]]), do autor canadense [[Douglas Coupland]], sobre os jovens do final dos [[Década de 1980|anos 1980]] e seu [[estilo de vida]]. Um artigo da revista 1989,<ref>Coupland, Doug. "[http://joeclark.org/dossiers/GenerationX.pdf Generation X]." ''Vista'', 1989.</ref> erroneamente, atribuiu a origem da expressão "Geração X" ao [[músico]] inglês [[Billy Idol]]. Na verdade, Idol havia sido membro da banda ''[[punk]]'' [[Generation X (banda)|Generation X]] de 1976 a 1981. O nome da banda havia sido criado baseado no título do livro de Deverson e Hamblett, uma cópia do qual havia sido adquirida pela mãe de Idol.<ref>[http://punk77.co.uk/groups/generationx.htm Generation X - A Punk History with Pictures]</ref>
Utilizador anónimo