Diferenças entre edições de "General Zod"

4 bytes removidos ,  21h12min de 10 de abril de 2018
m
eliminada em PE
m (ajustes usando script)
m (eliminada em PE)
 
=== Novo Krypton ===
Zod, Ursa e Non foram libertados da Zona Fantasma por [[Alura]] para que Zod se tornasse o líder dos kryptonianos.
Quando [[Superman]] decide ver como é a vida em Novo Krypton, ele é inserido no exército de Zod. Os dois têm um relacionamento profissional, deixando de lado o que ocorreu no passado, mas ainda eles não confiam um no outro. Quando Zod ordena que Superman mate um criminoso kryptoniano, Superman desobedece a ordem, sentindo que isso além de desnecessário, é errado. Mesmo assim o criminoso é executado e Zod acusa Superman de traição, onde ele é declarado culpado. Antes de ser executado, Superman diz à todos diante dele, incluindo Zod, um pouco sobre moralidade. Para a surpresa de todos, Zod se vê comovido pelas palavras do seu antigo inimigo e ordena para que o conselho declare Superman inocente. Como resultado, Superman é livre das acusações. Quando questionaram Zod sobre o porquê dele não ter ido adiante com a execução do filho de alguém que ele odiava tanto, Zod disse que era de esquecer o passado e que seu exército estaria melhor com Superman nele. Com isso, deu-se um respeito mútuo, isso se não for paz, entre Superman e Zod. Durante uma cerimônia kryptoniana, Zod é baleado por Ral-Dar, que estava trabalhando para [[Sam Lane]]. Zod nomeia [[Kal-El]] (Superman) como General temporário até que ele esteja recuperado do ferimento. Zod se recupera e retorna em péssimo momento já que Kal-El, [[Adam Strange]] e Tyr-Van estavam quase para ser mortos já que perderam seus poderes graças à Tam-Or, principal suspeito de ter matado um membro do conselho, e Superman não pode detê-lo. Zod para a execução e junto com Kal, encontra quem era o último membro dos traidores de Krypton e o prende.
 
661 724

edições