Abrir menu principal

Alterações

1 926 bytes removidos ,  23h36min de 10 de abril de 2018
Removendo seção sem fontes. Este é um artigo estável e destacado. Se for adicionar informações, que sejam pertinentes.
 
Entretanto, apenas progressivamente o termo foi perdendo sua conotação negativa, e os primeiros militantes anarquistas, no contexto da Associação Internacional dos Trabalhadores (AIT), jamais se declararam como tal,{{Sfn|Enckel|1991|p=199}} preferindo a utilização de termos como "socialismo revolucionário" ou "coletivismo". Os termos "anarquia" e "anarquismo" passaram a ser reivindicados pelos militantes de uma forma mais generalizada apenas após a cisão da AIT e a formação da [[Internacional de Saint-Imier]], em 1872.{{Sfn|Corrêa|2014|p=47}} Entretanto, não houve uma homogeneização nesse sentido, e outros termos tais como "[[socialismo libertário]]", "[[comunismo libertário]]" e "socialismo antiautoritário" foram amplamente reivindicados por militantes anarquistas, embora não possam ser associados como sinônimos do anarquismo em alguns casos, pois estendem-se também a outros setores da esquerda socialista e revolucionária.{{Sfn|Corrêa|2014|p=48}}
 
==Que tipo de sociedade desejam os anarquistas==
 
Em cada bairro ou fábrica se formariam associações que seriam regidas por assembleias de seus membros. Essas assembleias utilizariam o voto democrático direto, sendo que a minoria se não concordasse com a decisão poderia apelar e tentar reverter a decisão. Se elegeria delegados para o comitê comunal em cada fábrica ou bairro que teria a função de administrar as decisões das assembleias.
 
As associações se uniriam livremente em confederações, que se formariam de baixo para cima. As decisões fluiriam de baixo (a partir das associações) para cima. Da mesma forma que as associações teriam assembleias, as confederações teriam suas conferências com os delegados e regularmente haveria conferências locais, regionais nacionais e internacionais.
 
Se os delegados tentassem tomar decisão política, eles seriam revogados. <ref>http://anarchism.pageabode.com/afaq/secA2.html#seca29</ref>
 
Para exemplificar, caso houvesse uma decisão que envolvesse toda nação, haveria discussão em cada associação do país. O resultado da discussão das associações de um mesmo município seriam levados pelos delegados para a confederação municipal. Na conferencia da confederação municipal os delegados computariam os votos das associações e se tornaria a decisão da confederação municipal. Um delegado de cada confederação municipal do mesmo estado levaria a decisão para a sua confederação estadual. Daí o mesmo processo que acontece nas confederações municipais de contagem de votos também aconteceria nas conferencias das confederações estaduais e por fim os resultados seriam levado pelos delegados para a confederação nacional onde também se computaria os votos e se tornaria o resultado da confederação nacional.
 
Este é o tipo de organização que os anarquistas encontraram para substituir o governo e o capitalismo.
 
==História==