Diferenças entre edições de "Languedoc"

3 bytes adicionados ,  18h39min de 13 de abril de 2018
sem resumo de edição
Em 732, [[Carlos Martel]] salvou a França de uma invasão muçulmana na [[Batalha de Poitiers (732)|Batalha de Poitiers]], matando Abdal Ramane. Em 793, o duque Guilherme teve que lutar contra Abdal Malique, que invadiu o condado à frente de um exército muçulmano e tomou Narbona, cujas riquezas serviram para a construção da ponte e da [[mesquita de Córdoba]].
 
Na época de [[Carlos Magno]] e seus sucessores, Languedoque estava tranquila em termos de invasões estrangeiras, desde que a incursão dos [[Vikingsviquingues|normandos]] não teve grandes resultados, mas houve problemas internos, tão logo sublevadas sob a [[Aquitânia]] e a [[Septimânia]] na época de [[Luís o Piedoso|Luís I]], de [[Carlos II da França]] e de [[Luis II da França|Luis o Gago]].
 
Não demoraram em constituir feudos independentes e a partir do reinado de Carlos III, houve [[condes de Toulouse]] occitanos e [[marqueses de Narbona]] que governaram livremente aquelas cidades ricas e poderosas.