Abrir menu principal

Alterações

9 bytes removidos ,  17h14min de 19 de abril de 2018
-ligs.
O '''apadrinhamento''' é o termo utilizado para denotar a ação de alguém que seja '''padrinho''' ou '''madrinha''', ambos indivíduos que se comprometem a cuidar de um ou mais [[Maioridade|menores de idade]].
 
Sua origem remonta ao [[século II]], com origem religiosa [[cristianismo|cristã]],<ref name="godparents">J. H. Lynch, ''Godparents and Kinship in Early Medieval Europe'' (Princeton, NJ, 1980), p. 114.</ref> e a posteriori passou a obter significados distintos a depender da [[religião]] e do [[código civil]].<ref name="godparents"/> De acordo com a obra ''[[Corpus Juris Civilis]]'', o sentido original do apadrinhamento é um serviço a ser realizado por um indivíduo que tenha uma [[dívida]] a quitar com o pai ou a mãe de uma determinada criança, sendo o apadrinhamento de uma ou mais crianças do casal, um tipo de [[tributo]] [[voluntário]] concedido à [[família]] do casal durante toda a vida.<ref name="corpus">P. Kruger, ed., ''Corpus Iuris Civilis'', vol. 3, Codex Iustinianus (Dublin and Zurich, 1970), v, 4, 26, p. 197.</ref>
 
No Brasil, a apadrinhamento civil é uma relação jurídica em que um indivíduo se compromete a cuidar de uma criança e sustentá-la sem adotá-la.<ref name="apadrinhamento">[http://www4.seg-social.pt/apadrinhamento-civil Apadrinhamento civil]</ref>