Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido ,  04h52min de 24 de abril de 2018
sem resumo de edição
Galo nasceu em [[Massa Veternense]] (moderna [[Massa Marittima]], na [[Itália]]), na [[Itália (província romana)|província da Itália]], depois que seu pai foi reconvocado de seu exílio. Porém, seu pai e seu irmão mais velho estavam entre os que foram assassinados nos expurgos depois da morte de Constantino I em 337. Ele, porém, foi um dos únicos homens da [[dinastia constantiniana|sua família]], com exceção dos três filhos do imperador com a imperatriz [[Fausta]], que não foram mortos. Além destes, sobreviveram também Juliano, seu meio-irmão, e [[Nepociano]], ambos muito jovens na época.
 
Há um debate sobre onde Galo teria passado sua juventude. Uma das teorias é que ele viveu com Juliano na [[Nicomédia]] sob os cuidados de [[Eusébio de Nicomédia]], que foi [[Bispo de Nicomédia|bispo da cidade]] até 340. Quando Eusébio foi nomeado [[bispo de Constantinopla]], os dois foram junto com ele e, acredita-se, depois que ele morreu, em 341, Constâncio enviou Galo e Juliano para continuarem seus estudos nos domínios imperiais em [[Macelo (Capadócia)|Macelo]] na [[Capadócia]]. Uma outra teoria afirma que pistas encontradas nas fontes sugerem que Galo teria sido enviado para [[Éfeso]] para estudar, depois foi exilado em [[Trales]] (moderna [[AydınAidim]], na [[Turquia]]) e, finalmente, para Macelo.
 
== César ==