Abrir menu principal

Alterações

1 935 bytes removidos, 01h08min de 26 de abril de 2018
Em 1999 foi inaugurado o ''edifício novo''<ref>{{Citar web|título = Edifício novo|URL = http://www.parlamento.pt/VisitaParlamento/Paginas/Edificionovo.aspx|obra = www.parlamento.pt|acessadoem = 2015-07-18}}</ref> que serve de apoio à Assembleia da República. Localizado na praça de S. Bento o novo edifício, um projeto de 1996 do [[Fernando Távora|arquiteto Fernando Távora]], embora ligado ao palácio por acesso interior direto foi propositadamente construído de forma a ser uma estrutura autónoma a fim de não comprometer nem descaracterizar o traçado palaciano.
 
== Palacete de S.São Bento (Residência Oficial do Primeiro-Ministro) ==
{{Principal|Palacete de São Bento}}
[[Ficheiro:Palacete de São Bento 2.JPG|thumb|left|O Palacete de São Bento, nas traseiras do edifício principal, é a residência oficial do [[Primeiro-ministro de Portugal]]]]
 
Nas traseiras do edifício principal, em terrenos do outrora mosteiro, situa-se um palacete mandado construir em 1877 por [[Joaquim Machado Cayres]] para sua residência num lugar com cerca de 2 hectares que integrava o [[Ordem de São Bento|Convento de S. Bento]] desde 1598. Esse palacete é atualmente a residência oficial do [[primeiro-ministro de Portugal]]. Com a extinção das ordens religiosas o edifício do convento foi transformado, em 1834, no '''Palácio das Cortes''', e mais tarde Assembleia Nacional. Depois da [[Revolução dos Cravos de 1974]], este passou a designar-se Assembleia da República.
 
Em 1937, o palacete é expropriado pelo Estado para Residência Oficial do Presidente do Conselho. Depois de efectuadas obras, [[António Salazar]] ocupou a casa em Maio de 1938, mas a inauguração oficial teve lugar em Abril de 1939. Durante as obras foi concretizada uma escada para uma ligação mais fácil entre o palacete e a Assembleia. Com [[Marcello Caetano]] a tomar conta do governo, o palacete viu uma grande renovação e transformação. Pouco mais do que as fachadas foram mantidas. Estas obras incluíram ainda a edificação de um novo andar no lugar do antigo sótão. Após o [[25 de Abril de 1974]], a moradia e o jardim sofreram algumas modificações, mas foi depois de 1986 com novas renovações que o palacete e o jardim ganharam uma maior operacionalidade e uma imagem mais moderna e adequada aos novos tempos. A garagem existente até à altura desapareceu, dando lugar a um edifício para receber os visitantes do palacete. O pavimento antigo de alcatrão foi substituído por [[calçada portuguesa]].
 
[[Imagem:Palácio das Cortes, extinto mosteiro de S. Bento (1860).png|thumb|direita|200px|O Palácio das Cortes, em gravura de 1860.]]
 
=== Governantes que residiram no palacete ===
{|class="wikitable"
!Chefe de Governo
!Duração de Governo
!Duração como residente
|-
|[[António de Oliveira Salazar]]
|1928 a 1968
|Maio de 1938 a Julho de 1970
|-
|[[Marcello Caetano]]
|1968 a 1974
|não residiu
|-
|[[Adelino da Palma Carlos]]
|Maio a Julho de 1974
|não residiu
|-
|[[Vasco Gonçalves]]
|Julho a Setembro de 1974
|não residiu
|-
|Vasco Gonçalves
|Setembro de 1974 a Setembro de 1975
|Setembro de 1974 a Setembro de 1975
|-
|[[José Pinheiro de Azevedo]]
|Setembro de 1975 a Julho de 1976
|Setembro de 1975 a Julho de 1976
|-
|[[Mário Soares]]
|Julho de 1976 a Agosto de 1978
|não residiu
|-
|[[Alfredo Nobre da Costa]]
|Agosto a Novembro de 1978
|não residiu
|-
|[[Carlos Alberto da Mota Pinto]]
|Novembro de 1978 a Agosto de 1979
|Novembro de 1978 a Junho de 1979
|-
|[[Maria de Lourdes Pintasilgo]]
|Agosto de 1979 a Janeiro de 1980
|não residiu
|-
|[[Francisco Sá Carneiro]]
|Janeiro a Dezembro de 1980
|não residiu
|-
|[[Francisco Pinto Balsemão]]
|Janeiro de 1981 a Junho de 1983
|não residiu
|-
|Mário Soares
|Junho de 1983 a Setembro de 1985
|não residiu
|-
|[[Aníbal Cavaco Silva]]
|Setembro de 1985 a Outubro de 1995
|Novembro de 1985 a Outubro de 1995
|-
|[[António Guterres]]
|Outubro de 1995 a Abril de 2002
|não residiu
|-
|[[José Manuel Durão Barroso]]
|Abril de 2002 a Julho de 2004
|não residiu
|-
|[[Pedro Santana Lopes]]
|de Julho de 2004 a Março de 2005
|Julho de 2004 a Março de 2005
|-
|[[José Sócrates Pinto de Sousa]]
|de Março de 2005 a Junho 2011
|não residiu
|-
|[[Pedro Passos Coelho]]
|de Junho 2011 a Novembro de 2015
|não residiu
|-
|[[António Costa]]
|desde Novembro de 2015
|não reside
|-
|}
 
{{Referências}}
6 248

edições