Diferenças entre edições de "Batalha de Serres (1205)"

8 bytes adicionados ,  03h05min de 26 de abril de 2018
sem resumo de edição
 
 
== Origens do conflito ==
Depois de uma grande vitória na [[Batalha de Adrianópolis (1205)|Batalha de Adrianópolis]], em 1205, os búlgaros passaram a controlar a maior parte da [[Trácia bizantina]], com exceção de um conjunto de grandes cidades maiores, fortificadas, que o ''[[tsar]]'' [[KaloyanJoanitzes da Bulgária|KaloyanJoanitzes]] queria capturar. Em junho do mesmo ano, ele marchou com seu exército para o sudoeste, na direção dos domínios de [[Bonifácio I de Monferrato]], o [[rei de Tessalônica]] e [[vassalo]] do Império Latino.
 
== A batalha ==
A primeira cidade no caminho do [[exército medieval búlgaro|exército búlgaro]] era Serres. Os [[cruzados]] tentaram lutar nas proximidades da cidade, mas foram derrotados e tiveram que recuar. Durante a retirada, os búlgaros se aproveitaram para invadir a cidade, cercando os latinos remanescentes na [[cidadela]]. Nas negociações que se seguiram, KaloyanJoanitzes concordou em dar-lhes um [[salvo-conduto]] até a fronteira búlgaro-[[Reino da Hungria|húngara]]. Porém, assim que a guarnição se entregou, os [[cavaleiro medieval|cavaleiros]] foram mortos e apenas a população foi poupada.
 
== Consequências ==
O sucesso da campanha de 1205 terminou com a captura de [[Filipópolis]] (''Plovdiv'') - seus cidadãos desejavam se unir à Bulgária, mas a nobreza bizantina, liderada por [[Aleixo Aspieta]], resistia. Depois que KaloyanJoanitzes tomou a cidade, seus muros foram destruídos e Aspieta, enforcado. No ano seguinte, a guerra contra o Império Latino e a nobreza bizantina local continuou e o exército cruzado foi novamente derrotado na [[Batalha de Rusião]].
 
== Bibliografia ==