Mirabe: diferenças entre revisões

5 bytes removidos ,  6 de maio de 2018
sem resumo de edição
[[Imagem:Mehrab majed-e-jomeh yazd femmes en priere.jpg|thumb|150px|Mirabe na mesquita Masjed-e-jomeh em [[Yazd]], [[Irão]]]]
 
'''Mirabe''' ou '''mirabi'''{{sfn|Alves|2014|p=647}} ({{langx|ar|‏محراب‎||''miḥrāb''}}) é um termo que designa um [[nicho]] em forma de [[abside]] numa [[mesquita]]. Tem como função indicar a direção da cidade de [[Meca]] (''[[qiblaquibla]]''), para qual os [[muçulmano]]s se orientam quando realizam as cinco orações diárias ([[salá]]).
 
É no mirabe que se posiciona a pessoa que lidera as orações, cuja voz que difunde mais facilmente pela mesquita graças à existência deste nicho. De uma forma geral, cada mesquita possui apenas um mirabe, que é frequentemente o ponto mais ricamente decorado (com motivos epigráficos ou vegetais). O mirabe pode ser feito em [[mármore]], [[azulejo]], [[pedra]] ou [[madeira]].
 
No tempo do profeta [[Maomé]] (''Muḥammad'') a ''[[qiblaquibla]]'' era assinalada com uma simples pedra. O mirabe surgiu pela primeira vez na época dos [[omíadas]], quando o [[califa omíada|califa]] [[Ualide I]] ordenou a realização de trabalhos de restauração na [[Mesquita do Profeta]] em [[Medina]] no ano de [[706]]. As escavações realizadas numa mesquita em [[VasitUacite]], no [[Iraque]], que resultou da junção de duas mesquitas, revelaram que a parte mais antiga, datada do {{séc|VI}}, não tinha mirabe, enquanto que a parte mais recente já apresentava este elemento. A partir de então o mirabe expandiu-se para outros locais.
 
Julga-se que o mirabe possa ter sido inspirado nos nichos das [[sinagoga]]s que assinalam o "[[Santo dos Santos]]". Na sinagoga de [[Dura-Europos]] ({{séc|III}}), descoberta em [[1935]], já estava presente um nicho onde se guardava a [[Torá]]. Tem sido também proposta uma relação com a abside das igrejas [[Igreja Copta|coptas]].