Diferenças entre edições de "Batalha de Maritsa"

6 bytes adicionados ,  09h33min de 6 de maio de 2018
sem resumo de edição
 
== Batalha ==
O exército sérvio contava com entre {{formatnum|20000}} e {{formatnum|70000}} homens. O [[déspota (título)|déspota]] Jovan Uglješa pretendia realizar um ataque surpresa aos otomanos em sua capital, [[Edirne]], enquanto o [[sultão otomano|sultão]] [[Murad {{lknb|Murade|I]]}} estava na [[Ásia Menor]]. O exército otomano era muito menor<ref>{{citar livro|título= The New Encyclopædia Britannica: Micropaedia| url = http://books.google.com/?id=5i6knQEACAAJ&pg=PA855|ano= 1993|publicado= Encyclopædia Britannica| isbn = 978-0-85229-571-7|página= 855 }}</ref> - autores como o estudioso [[grego bizantino]] [[Laonikos Chalkokondyles]]<ref name="boskovic"/> e outros <ref name="veiter"/> fornecem números tão baixos quanto apenas 800 soldados -, mas, por causa de uma tática melhor planejada e executada na forma de um ataque noturno ao acampamento sérvio, Şâhin Paşa conseguiu derrotar o exército sérvio e matar os dois comandantes inimigos. Milhares de sérvios foram mortos e outros tantos se afogaram no Maritsa quando tentavam se reagrupar para um contra-ataque.<ref name="gustav"/><ref name="temperley">Harold William Vazeille Temperley: ''History of Serbia'', H. Fertig, 1917, page 97.</ref> As pesadas armaduras sérvias tornaram-se uma armadilha mortal nas águas do rio que, segundo as fontes, tornou-se escarlate por causa do sangue.<ref name="temperley"/>
 
== Consequências ==