Diferenças entre edições de "Copra"

17 bytes adicionados ,  02h11min de 9 de maio de 2018
sem resumo de edição
[[Imagem:Kerala coconut.jpg|right|thumb|250px|Cocos secando ao [[sol]], em [[KeralaQuerala]], [[Índia]].]]
 
A '''copra'''<ref>[[Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa|Dicionário Houaiss:]] '''copra:''' ''substantivo feminino'' polpa oleaginosa da amêndoa do coco-da-baía, seca e preparada para dela se extraírem óleo, glicerina, manteiga de coco etc., e especialmente o copraol (substância gorda extraída da copra, própria para a fabricação de velas, supositórios etc.)</ref> é a polpa seca do [[coco]] (''Cocos nucifera Linnaeus'', '''[[Arecaceae]]'''). O nome deriva da palavra em [[malayalamlíngua malaiala|malaiala]] ''koppara,'' que significa "coco seco".
 
O copaol, ou [[óleo de coco]], extrai-se ralando a copra e fervendo-a depois em [[água]]. A copra foi desenvolvida como um [[produto (economia)|produto]] [[comércio|comercial]] por mercadores dos [[mar]]es do sul e da [[Ásia]] durante a [[década de 1860]].