Diferenças entre edições de "Funcionalismo (ciências sociais)"

115 bytes removidos ,  19h19min de 9 de maio de 2018
m
Foram revertidas as edições de 45.65.231.214 para a última revisão de Trierweiller, de 19h13min de 9 de maio de 2018 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de 45.65.231.214 para a última revisão de Trierweiller, de 19h13min de 9 de maio de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
''Alternativa funcional'' (também chamada ''equivalente funcional'' ou ''substituto funcional'') é o fenômeno pelo qual a mesma função pode ser suprida por mais de um componente de um sistema social.<ref name="Robert Merton p 39">Robert Merton. ''Teoria Social e Estrutura Social''. p. 39. [[1957]].</ref> O conceito pode servir como um antídoto para "as suposições injustificadas da indispensabilidade funcional de estruturas sociais particulares."<ref name="Robert Merton p 52">Robert Merton. ''Teoria Social e Estrutura Social''. p. 52. [[1957]].</ref>
 
== Estrutura-funcionalismo ==
== Funcionalismo de estrutura ==
O ''estruturo-funcionalismo'', ou ''funcionalismo estrutural'', foi a perspectiva dominante de antropólogos culturais e sociólogos rurais entre a [[II Guerra Mundial]] e a [[Guerra do Vietnã]]. O estruturo-funcionalismo tem a visão de que a sociedade é constituída por partes ([[polícia]], [[hospital|hospitais]], [[escola]]s, [[fazenda]]s etc.). Cada parte possui suas próprias funções e deve trabalhar em conjunto com as demais para promover a estabilidade social.
 
* [[G. A. Cohen]]
* [[Pierre Bourdieu]]
{{dividir em colunas fim}}
{{dividir em colunas fim}}<ref name="Thomas Hoult p 139" />como funciona as instituições dentro do funcionalismo, e qual a sua função ?{{Referências}}
 
{{Referências}}
 
{{esboço-sociologia}}