Diferenças entre edições de "Maomé I de Córdova"

78 bytes removidos ,  23h09min de 13 de maio de 2018
sem resumo de edição
m (Página marcada como sem fontes, usando FastButtons)
| título =5º [[Emir de Córdova]]
| reinado =852-886
| imagem =
| legenda =
| nome completo =Muhammad ibn Abd ar-Rahman
| consorte =UsharUxar
| antecessor =[[Abderramão II]]
| sucessor =[[al-Mundir]]{{lknb|Almondir|I}}
| dinastia =[[Omíadas]]
| pai =[[Abderramão II]]
| mãefilhos = {{lknb|Almondir|I}}<br>[[Abdalá ibne =Maomé]] (de Uxar)
| filhos = [[al-Mundir]]<br>[[Abdallah ibn Muhammad]] (de Ushar)
| nascimento ={{dni|||823|si}}, em [[Córdova (Espanha)|Córdova]]
| morte ={{morte|||886|||823}}
 
== Vida e obras ==
MuhammadMaomé nasceu em [[Córdova (Espanha)|Córdova]]. Seu reinado foi marcado por diversas revoltas e movimentos separatistas entre os [[muladi]] (muçulmanos com origem étnica ibérica) e os [[moçárabes]] (cristãos nos territórios muçulmanos).
 
A família [[Banu QasiCassi]], muladi, liderada por [[MusaMuça ibnibne MusaMuça]], se aliou com a família Arista do [[Reino de Pamplona]] e se revoltou, autoproclamando-se o "terceiro reino da Espanha" (além de Muhammad e de [[Ordonho I das Asturias]]). O oficial omíada rebelde [[Ibnibne MarwanMaruane]] retornou para [[Mérida (Espanha)|Mérida]] e também se rebelou contra o emir que, incapaz de esmagar a revolta, permitiu-lhe que fundasse a cidade livre de [[Badajoz]], onde hoje está a região espanhola da [[Estremadura (Espanha)|Estremadura]] em 875. Finalmente, [[Toledo (Espanha)|Toledo]] se revoltou com o apoio de Ordonho I, mas foi derrotada numa batalha em [[Guadalete]].
 
Em 880, [[Umar ibn Hafsun]], um homem com uma provável [[Visigodos|origem visigótica]], também iniciou uma revolta que só foi esmagada em 928, já no reinado [[Abderramão III]]. Maomé I morreu em 886 e foi sucedido por seu filho {{lknb|Almondir|I}}.
 
Muhammad I morreu em 886 e foi sucedido por seu filho al-Mundhir ibn Muhammad I ([[al-Mundir]]).
 
[[Categoria:Emires de Córdova]]