Diferenças entre edições de "Justiniano"

1 byte adicionado ,  21h29min de 14 de maio de 2018
mudei uma palavra que estava errada
m
(mudei uma palavra que estava errada)
A intransigência com que Justiniano se aplicou na perseguição de seus objetivos provocou uma série de rebeliões no império. A mais violenta delas, a revolta (ou sedição) de Nika, ocorreu em [[532]], em [[Constantinopla]].
 
=== A Revolta de NikaNiké ===
{{Artigo principal|Revolta de Nika}}
Logo no início de seu reinado (532), Justiniano teve de enfrentar uma grave revolta, a Revolta de Nika. [[Teodora (esposa de Justiniano)|Teodora]], mulher pequena, mas bem proporcionada, de rosto pálido, iluminado por dois grandes olhos negros, dominou Justiniano e o ajudou a sufocar a revolta. O que causou esta revolta foi o descontentamento com os altos impostos e a miséria.<ref name=":0">{{citar livro|título=Império Bizantino|ultimo=FRANCO JR.|primeiro=Hilário|ultimo2=FILHO|primeiro2=Ruy de Oliveira Andrade|editora=Coleção Tudo é História, nº 107, Ed. Brasiliense|ano=|local=|páginas=|acessodata=}}</ref>