Diferenças entre edições de "Línguas da Espanha"

2 bytes adicionados ,  02h59min de 15 de maio de 2018
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 179.216.129.105 para a última revisão de 179.105.225.33, de 14h19min de 19 de janeiro de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Muitos cidadãos nestas regiões consideram seus idiomas locais como idioma primário e o espanhol, ou castelhano, como secundário; estes idiomas abrangem áreas tão amplas que têm dialetos distintos, incluindo o próprio castelhano, que tem como variantes os dialetos andaluz e canário, como um destes com suas próprias subvariedades, algumas parcialmente próximas ao espanhol da [[América]], que influenciaram em diferentes graus, dependendo da região e período, e de acordo com as migrações e processos de colonização.
 
Além disso, há crescente suporte para outros idiomas regionais, alguns em perigo de extinção. Estes incluem o asturásture-leonês: [[língua asturiana|asturiano]] nas [[Astúrias]] e [[leonês]] no antigo Reino de Leão, aragonês em [[Aragão]], e [[aranês]], dialeto do [[língua occitana|idioma occitano]], falado apenas no pequeno [[Vale de Aran]], Catalunha, mas suficientemente vivo para ser idioma co-oficial e ser usado em suas escolas públicas.
 
Com a exceção do basco, que aparenta ser um idioma isolado, todos os outros são derivados do [[latim]].