Diferenças entre edições de "Assembleia dos Estados Gerais"

6 bytes removidos ,  17h40min de 16 de maio de 2018
m
Foram revertidas as edições de 200.152.44.17 para a última revisão de Guilhermebm, de 20h48min de 8 de maio de 2018 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de 200.152.44.17 para a última revisão de Guilhermebm, de 20h48min de 8 de maio de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Na [[França]] do [[Antigo Regime]], a '''Assembleia dos Estados Gerais''', ou simplesmente '''Estados Gerais''' (em [[língua francesa|francês]], ''États Généraux'') era uma assembleia consultiva e legislativa das três [[classe social|classes sociais]] (estados) do país. Cada estado se reunia em sua própria assembleia, que era convocada e dissolvida pelo rei. A assembleia não tinha real poder, pois funcionava como um corpo de aconselhamento do rei através de [[petição|petições]]. A assembleia se reuniu ocasionalmente até 1614, e apenas uma vez após esse ano, e só foi encerrada definitivamente após a [[Revolução Francesa]].
==História==
O [[estado]] francês havia acumulado uma grande [[dívida]], que consumia cerca da metade do [[orçamento]] do reino. Essa dívida aumentou ainda mais com a participação francesa na [[guerra de Independência dos Estados Unidos]], pois o rei [[Luís XVI]] forneceu auxílio militar e financeiro aos Estados Unidos na Guerra contra os seus colonizadores. Somando a esse fato, as más colheitas entre 1787 e 1789 causaram falta de alimento, levando a assaltos e saques em todo o país. Caiu a arrecadação de [[imposto]]s recolhidos pelo governo, agravando ainda mais a crise econômica. Luís XVI convocou então representantes dos três estados ([[clero]], [[nobreza]] e [[povo|povo)]], para, juntos encontrarem soluções para a crise, formando a Assembleia dos Estados Gerais.<ref>[http://bastille-day.com/history/estates-general-1789 "The Estates General Meeting"]. Página acessada em 3 de agosto de 2016.</ref>
 
Diante das sucessivas crises políticas, os Estados Gerais foram convocados em maio de [[1789]] - fato que não ocorria desde [[1614]], sob como governante absolutista do tempo [[Luís XVI]] -, reunindo-se no ''Hôtel des Menus Plaisirs'', em [[Versalhes]] para discutir os problemas do reino. Nessa assembleia, em que cada ''estado'' tinha direito a apenas um voto, o clero e a nobreza se uniam para derrotar o terceiro estado (povo) nas votações, havendo sempre dois votos contra um. A reação do terceiro estado começou justamente nessa Assembleia, o que deu início à Revolução Francesa quando o terceiro estado transformou os Estados Gerais em [[Assembleia Nacional Constituinte Francesa (1789)|Assembleia Nacional Constituinte]].