Linha de Limite Norte: diferenças entre revisões

m
traduzindo nome/parâmetro nas citações
m
Etiqueta: Inserção de predefinição obsoleta
m (traduzindo nome/parâmetro nas citações)
 
[[Ficheiro:Northern Limit Line.svg|300px|thumb|Linha de Limite Norte]]
 
A '''Linha de Limite Norte''' ('''LLN''') é uma contestada linha de demarcação marítima no [[Mar Amarelo]] entre [[Coreia do Norte]] e [[Coreia do Sul]]. Foi estabelecida unilateralmente pelas forças militares das [[Nações Unidas]] lideradas pelos [[Estados Unidos|EUA]] em agosto de [[1953]], após o Comando Militar da ONU e a Coreia do Norte não terem conseguido chegar a um acordo. A linha não é reconhecida oficialmente pela Coreia do Norte. Em particular, não está incluída no Acordo de Armistício de 1953 entre os dois estados.<ref name="elferllink314">Elferink, Alex G. Oude. (1994). {{Google books|x-VYb-wida8C|''The Law of Maritime Boundary Delimitation: a Case Study of the Russian Federation''|page=314}}</ref><ref name=38north-20100729>{{citecitar web |url=http://www.38north.org/?p=1232 |titletítulo=The Maritime boundary between North & South Korea in the Yellow (West) Sea |authorautor =Jon Van Dyke | workobra=38 North |publisherpublicado=U.S.-Korea Institute, Johns Hopkins University School of Advanced International Studies |datedata=29 de julho de 2010 |accessdateacessodata=28 de novembro de 2010}}</ref>
 
A linha corre entre a porção continental da Província de [[Gyeonggi]] — que tinha sido parte da [[Hwanghae]] antes de 1945 — e as ilhas ''off-shore'' adjacentes, a maior delas sendo [[Baengnyeong]]. Como um resultado, a porção continental voltou ao controle norte-coreano, enquanto as ilhas permaneceram como parte da Coreia do Sul. Desde [[1999]], a Coreia do Norte reivindica uma linha de demarcação militar marítima mais ao sul, que faria das ilhas uma parte da Coreia do Norte também. Rixas entre navios das Coreias do Norte e do Sul muitas vezes ocorrem nessa área, e essa questão surge periodicamente durante suas conversações.