Diferenças entre edições de "Lide (jornalismo)"

396 bytes removidos ,  03h42min de 21 de maio de 2018
Desfeita a edição 52132981 de 2804:14D:5CE1:9A18:44D:DD36:E7C1:59C1
(Desfeita a edição 52132984 de 2804:14D:5CE1:9A18:44D:DD36:E7C1:59C1)
Etiqueta: Desfazer
(Desfeita a edição 52132981 de 2804:14D:5CE1:9A18:44D:DD36:E7C1:59C1)
Etiqueta: Desfazer
O [https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/80216 lide] deve ser objetivo e direto, evitando a subjetividade, e pautar mais pela exatidão, linguagem clara e simples. O leitor ganha interesse pela notícia quando o lide é bem elaborado e coerente.
 
Foi introduzido no Brasil no jornal Diario Carioca em meados da decada 50 por [[Danton Jobim]], baseado no modelo norte americano<ref>{{Citar periódico|ultimo=Lage|primeiro=Nilson Lemos|ultimo2=Faria|primeiro2=Tales|ultimo3=Rodrigues|primeiro3=Sérgio|data=2004-01-01|titulo=Diário Carioca: o primeiro degrau para a modernidade|url=https://periodicos.ufsc.br/index.php/jornalismo/article/view/2195|jornal=Estudos em Jornalismo e Mídia|lingua=pt|volume=1|numero=1|paginas=132–144|doi=10.5007/%x|issn=1984-6924}}</ref>.
 
== História ==
Utilizador anónimo