Abrir menu principal

Alterações

2 025 bytes adicionados ,  14h16min de 24 de maio de 2018
sem resumo de edição
| local de enterro = [[Catedral de Derby ]], [[Derbyshire]]
}}
'''Para a nobreza inglesa, o matrimônio era brilhante, mas foi infeliz. Ambos tinham temperamentos diferentes e não combinavam.'''[[Imagem:Duchess of Devonshire by Joshua Reynolds.jpg|thumb|300px|right||A Duquesa de Devonshire e sua filha, por [[Joshua Reynolds]] ([[1786]]).]]
 
'''Georgiana Cavendish, duquesa de Devonshire''' ([[7 de junho]] de [[1757]] — [[30 de março]] de [[1806]]) foi uma [[Nobreza britânica|nobre britânica]], ícone da moda, autora e ativista. Georgiana fazia parte da [[família Spencer]] e, através do seu casamento com [[William Cavendish, 5.º Duque de Devonshire|William Cavendish, o 5.º Duque de Devonshire]], passou a integrar a família Cavendish.
 
Como duquesa de Devonshire, Georgiana conseguiu bastante atenção e fama na sociedade.<ref>{{Citar web|url=https://www.goodreads.com/book/show/319300.Georgiana|titulo=Georgiana|acessodata=2018-05-23|obra=www.goodreads.com}}</ref> Com uma posição proeminente no [[Pariato da Inglaterra]], a duquesa ficou famosa devido ao seu carisma, à sua influência política, à sua beleza, ao seu casamento pouco convencional, aos seus casos amorosos, às suas festas e aoà seusua víciopaixão nopelos jogo[[Jogo de azar|jogos de azar]].
 
Ela foi uma parente distante da [[Diana, Princesa de Gales|princesa Diana]].<ref name=":0">{{Citar periódico|data=2008-08-09|titulo=Princess Diana and the Duchess of Devonshire: Striking similarities|url=https://www.telegraph.co.uk/news/uknews/theroyalfamily/2530446/Princess-Diana-and-the-Duchess-of-Devonshire-Striking-similarities.html|lingua=en-GB|issn=0307-1235}}</ref>
Em [[5 de junho]] de [[1774]], ela desposou Sir [[William Cavendish, 5.° Duque de Devonshire|William Cavendish]], filho de [[William Cavendish, 4.° Duque de Devonshire]], o homem mais desejado da sociedade inglesa. O casamento realizou-se na igreja Wimbledon Parish. Foi uma pequena cerimónia onde apenas estiveram presentes os pais, avó materna e futuros cunhados de Georgiana. Os seus pais estavam muito emocionados por entregarem a filha, mas felizes por ela se estar a casar com um dos homens mais ricos e poderosos do país. O seu pai, que sempre fora muito afetuoso com os filhos, escreveu-lhe uma carta pouco depois da cerimónia: "Minha querida Georgiana, só recentemente me apercebi do quanto te adoro; sinto cada vez mais a tua falta, a cada dia e a cada hora". Georgiana escreveu regularmente à sua mãe durante toda a sua vida e muitas das cartas chegaram aos dias de hoje.
 
APara a nobreza inglesa, o matrimônio era brilhante, mas foi infeliz. Ambos tinham temperamentos diferentes e não combinavam. Desde o início do casamento que o duque de Devonshire demonstrou ser um homem emocionalmente reservado e muito diferente do pai da duquesa, além disso, não atendia às necessidades emocionais da duquesa. O casal pouco tinha em comum. O duque raramente fazia companhia à esposa, preferindo passar as suas noites a jogar às cartas. O duque teve casos extra-conjugais durante todo o casamento e a incapacidade temporária de Georgiana de gerar filhos também foi outro problema, pois esposas aristocratas eram valorizadas tanto por sua [[fertilidade]] como por seus [[dote]]s e conexões. A Duquesa de Devonshire deu à luz duas filhas, antes do nascimento do muito esperado herdeiro e único filho, [[William Cavendish, 6.° Duque de Devonshire|William]], que morreu sem deixar filhos.
Para a nobreza inglesa, o matrimônio era brilhante, mas foi infeliz. Ambos tinham temperamentos diferentes e não combinavam.
 
Antes do seu casamento com Georgiana, o duque teve uma filha ilegítima, Charlotte Williams, fruto de um caso com a ex-modista Charlotte Spencer. A duquesa desconhecia a existência desta filha até vários anos após o seu casamento com o duque. Após a morte da mãe da criança, Georgiana foi forçada a criá-la como sua filha. A duquesa ficou "muito satisfeita" por ficar com Charlotte a seu cargo, mas a a sua mãe, a Condessa Spencer, não gostou do arranjo: "Espero que não tenhas falado a ninguém sobre ela". A duquesa respondeu: "Ela é a coisinha mais bem-humorada que alguma vez vi".
A incapacidade temporária de Georgiana de gerar filhos também foi outro problema, pois esposas aristocratas eram valorizadas tanto por sua [[fertilidade]] como por seus [[dote]]s e conexões. A Duquesa de Devonshire deu à luz duas filhas, antes do nascimento do muito esperado herdeiro e único filho, [[William Cavendish, 6.° Duque de Devonshire|William]], que morreu sem deixar filhos.
 
Em 1782, quando se encontrava no retiro de Londres com o duque, Georgiana conheceu [[Elizabeth Cavendish, duquesa de Devonshire|Lady Elizabeth Foster]] (conhecida por "Bess") na cidade de [[Bath]]. Lady Elizabeth tornara-se indigente depois de se separar do seu marido e dos três filhos e acabou por se tornar numa amiga próxima de Georgiana. A situação precária de Elizabeth levou a que Georgiana a convidasse a ir viver na sua casa. O marido de Georgiana e Elizabeth acabaram por ter um caso e criou-se um triângulo amoroso. O duque acabou por fazer com que a estadia de Elizabeth fosse permanente. Apesar de ser comum que membros masculinos da nobreza tivessem amantes, não era tão comum, ou aceitável, que uma amante vivesse de forma tão aparente com um casal. Além disso, a duquesa tornara-se emocionalmente dependente de Lady Elizabeth e considerava-a a sua melhor amiga. Sem mais alternativas, Georgiana tolerou o caso.
Sua filha Georgiana desposou [[Jorge Howard, 6.° Conde de Carlisle]] e sua filha Henriqueta se casou com [[Granville Leveson-Gower, 1° Conde Granville]].
 
Lady Elizabeth Foster acabou por ter dois filhos com o duque: Caroline Rosalie St Jules e Augustus Clifford e, três anos após a morte de Georgiana, casou-se com ele e tornou-se ela própria duquesa de Devonshire.
Foi a própria Georgiana quem apresentou o Duque de Devonshire à sua [[amante]] e futura segunda esposa, [[Elizabeth Cavendish, duquesa de Devonshire|Elizabeth Foster]], filha do 4.° [[Conde de Bristol]]. "Bess" era a melhor amiga de Georgiana, que tolerou a traição por muitos anos.
 
Sua filha Georgiana desposou [[Jorge Howard, 6.° Conde de Carlisle]] e sua filha Henriqueta se casou com [[Granville Leveson-Gower, 1° Conde Granville]].
 
Contudo, a Duquesa também cometeu [[adultério]]: seu caso com [[Charles Grey, 2° Conde Grey]] resultou no nascimento de uma filha, Eliza, em [[1792]].