Diferenças entre edições de "Hercule Poirot"

17 bytes adicionados ,  04h50min de 27 de maio de 2018
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
== Curiosidades ==
{{Curiosidades}}
A autora considera-o "um pouco chato" com suas obsessões por "ordem e método".<ref name="Trece">Esnips [http://www.esnips.com/doc/78a08704-1b0d-4315-a4d7-3f49a6fe4872/Agatha-Christie---Miss-Marple-y-trece-problemas ''Miss Marple y los Trece Problemas''] (em espanhol). Página visitada em 4 de Abril de 2011</ref> Como muitos personagens da [[Romance policial|ficção policial]], Poirot não se casou.<ref name="HPC2" /> No entanto, teve pelo menos uma grande paixão relatada pela autora: a condessa russa Vera Rossakoff, que conheceu durante investigações de um engenhoso roubo de jóias, ainda no início de sua carreira como detetive particular em [[Londres]], detalhado no conto "O Duplo Indício".<ref name="HPC2" /> A condessa apareceu ainda no livro "Os quatro grandes" (''The Big Four'')<ref name="Four">Esnips [http://www.esnips.com/doc/f5725b68-cb8c-4367-a9cc-1ac389d29127/The-Big-Four ''The Big Four''] (em inglês). Página visitada em 4 de Abril de 2011</ref> como cúmplice dos vilões e também em um dos trabalhos de Hércules, já bem mais velha e dona de uma boîte - a captura de Cérbero, que no livro, era o nome de seu cão ("Nas profundezas do inferno" no livro "Os trabalhos de Hércules"). Esse último livro foi bastante interessante, pois Agatha Christie usou de metáforas para caracterizar cada um dos trabalhos realizados pelo herói da [[mitologia grega]] homónimo de seu personagem.
No livro " O Crime ABC" , Poirot inicia uma discussão com Hastings sobre como seria o crime perfeito. Poirot o descreve como algo domestico, um crime onde quatro pessoas juntam-se pra jogar Bridge, e um estranho se senta ao lado da mesa. Ao final da partida esse é encontrado morto, ou seja,um dos quatro jogadores cometeu o assassinato. Essa é justamente a história do livro lançado apos "Os crimes ABC", chamado "Cartas na Mesa".
4 024

edições