Abrir menu principal

Alterações

160 bytes adicionados ,  16h10min de 28 de maio de 2018
sem resumo de edição
[[Ficheiro:AMP supporters during rally on Balide, 3.jpg|miniaturadaimagem|Campanha eleitoral em [[Timor-Leste]]]]
 
'''Campanha Eleitoral''' é o período eleitoral em que os [[partido político|partidos]] e seus candidatos se apresentam para a [[população]] em busca de [[voto]]s.<Ref>"campanha eleitoral", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/campanha%20eleitoral [consultado em 28-05-2018].</ref>
 
Os veículos que apresentam campanha eleitoral tradicionalmente são: Tv, rádio, jornais e revistas(impressos). Essas campanhas começam nos períodos próximos às eleições e vão até a sua ocorrência, geralmente no mês de outubro.
Em [[Portugal]], as [[Eleição|eleições]] legislativas e autárquicas decorrem de quatro em quatro anos. As presidenciais, ocorrem num intervalo de cinco anos. No [[Brasil]], as campanhas presidenciais ocorrem de quatro em quatro anos, tanto para cargos em escalas federais e estaduais, tanto para escala municipal.
 
== Por país ==
Os veículos que apresentam campanha eleitoral tradicionalmente são: Tv, rádio, jornais e revistas(impressos). Essas campanhas começam nos períodos próximos às eleições e vão até a sua ocorrência, geralmente no mês de outubro.
=== Portugal ===
Em [[Portugal]], as [[Eleição|eleições]] legislativas e autárquicas decorrem de quatro em quatro anos. As presidenciais, ocorrem num intervalo de cinco anos. No [[Brasil]], as campanhas presidenciais ocorrem de quatro em quatro anos, tanto para cargos em escalas federais e estaduais, tanto para escala municipal.
 
=== Brasil ===
No [[Brasil]], as campanhas presidenciais ocorrem de quatro em quatro anos, tanto para cargos em escalas federais e estaduais, tanto para escala municipal. Na Tv, existe uma lei que impõe a exibição no horário nobre e no começo da tarde, onde as emissoras regionais apresentam entrevistas ou mesmo as propostas de cada candidato. Já as emissoras de rede nacional não apresentam campanha e sim algo relacionado a ela.
 
==Proibido xuma Permitidosérie de regras que regulamentam a propaganda eleitoral.<ref>{{Citar web|url=http://www.mpf.mp.br/pge/servicos-1|título=Proibido x Permitido - Eleições|data=26 de Maio de 2017|publicado=Procuradoria-Geral Eleitoral}}</ref>==
Em todos os meios os políticos candidatos apresentam suas propostas e seus trabalhos.
 
====Proibições====
==Proibido x Permitido<ref>{{Citar web|url=http://www.mpf.mp.br/pge/servicos-1|título=Proibido x Permitido - Eleições|data=26 de Maio de 2017|publicado=Procuradoria-Geral Eleitoral}}</ref>==
 
===É proibido:===
*Dar, oferecer, prometer, entregar, passar quaisquer bens, sejam materiais ou financeiros, ou vantagem pessoal, incluindo emprego ou função pública, com o objetivo de conseguir voto para si ou para outro candidato.
*Usar materiais ou imóveis pertencentes à União, territórios ou municípios para beneficiar campanha de candidato ou partido.
*Usar nomes, fotos ou símbolos de promoção pessoal de autoridade ou servidor público, na publicidade governamental
 
====É proibido na propaganda eleitoral:====
*Usar símbolos que remetem aos do governo.
*Mentir e difamar outros candidatos visando prejudica-lo.
*Fornecer camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam dar qualquer vantagem ao eleitor, e assim persuadi-lo
 
====É proibido, nos três meses anteriores à eleição:====
*Repassar dinheiro da União para os estados e municípios, ou o dinheiro dos estados para os municípios, a manos que seja para cumprir tarefas financeiras já agendados ou situações de emergência.
*Fazer publicidade de serviços e órgãos públicos que não possuam concorrência no mercado, exceto em momentos de grave necessidade pública, nesse caso tendo autorização da Justiça Eleitoral.
*Caso seja um candidato ao poder Executivo, participar de inaugurações de obras públicas.
 
====É crime no dia da eleição:====
*Utilizar qualquer aparelho de amplificação sonora.
*Fazer comício ou carreata.
*Funcionários da Justiça Eleitoral, mesários ou escrutinadores, usarem quaisquer elementos de propaganda eleitoral, como bonés, camisetas, broches, etc. Apenas os fiscais podem usar somente a sigla ou nome do partido na roupa.
 
====É permitido:====
*Manifestar a preferência política do cidadão, individual e silenciosamente, desde que não haja aglomeração. Nesse caso, permite-se o uso de peças de roupa, acessórios (bonés, fitas, broches, bandanas), e o porte de bandeira ou de flâmula, ou afixação de adesivos em veículos ou objetos, sendo de propriedade do eleitor.
 
====Outras regras:====
*É obrigatória a utilização da Linguagem Brasileira de Sinais ([[Libras]]) e legendas nas propagandas eleitorais gratuitas na televisão.
*Os canais de rádio e televisão comunitários, VHF, UHF, do Senado, da Câmara, das assembleias Legislativas ou câmaras municipais devem retransmitir o horário eleitoral gratuito, ou seja, se funcionar por uma concessão governamental o canal também deve transmitir. Os canais por assinatura que não encaixam nessa regra não poderão transmitir nenhuma outra propaganda eleitoral, exceto debates autorizados.
6 423

edições