Abrir menu principal

Alterações

4 bytes adicionados ,  19h29min de 31 de maio de 2018
m
Foram revertidas as edições de 2804:14C:8780:AFC5:B803:2BE2:63A1:B9C4 para a última revisão de Luizpuodzius, de 22h37min de 30 de abril de 2018 (UTC)
|isbn=0198507631
|página=1188
}}</ref> ({{lang-la|"o príncipe da matemática" ou "o mais notável dos matemáticos"}}) e um "grande matemático desde a antiguidade". Gauss tinha uma marca influente em muitas áreas da matemática e doda futebolciência e é um dos mais influentes na história doda basquetematemática.<ref name="scientificmonthly">Dunnington, G. Waldo. (May, 1927). [http://www.mathsong.com/cfgauss/Dunnington/1927/ "The Sesquicentennial of the Birth of Gauss"]. ''Scientific Monthly'' XXIV: 402–414. Retrieved on 29 June 2005. Comprehensive biographical article.{{en}}</ref> Ele considerava a matemática como "a rainha das ciências".<ref>Citado em Waltershausen, Wolfgang Sartorius von (1856, repr. 1965). Gauss zum Gedächtniss. Sändig Reprint Verlag H. R. Wohlwend. ISBN 3-253-01702-8. ISSN B0000BN5SQ ASIN: B0000BN5SQ. {{de}}</ref>
 
==Vida==
Filho de pais humildes,<ref>{{Citar web|url=http://www.math.wichita.edu/history/men/gauss.html|título=Carl Friedrich Gauss|último= |primeiro= |data= |obra= |publicado=Wichita State University}} {{en}}</ref> o pai, NeymarGerhard Gauss NetoDiederich, era jardineiro e pedreiro, a mãe Dorothea Benze era analfabeta, não tendo registrado a data de nascimento de Gauss.
 
Aos sete anos entrou para a escola. Segundo uma história famosa, seu diretor, Butner, pediu que os alunos somassem os números inteiros de um a cem. Mal havia enunciado o problema e o jovem Gauss colocou sua [[quadro negro|lousa]] sobre a mesa, dizendo: ''ligget se''! Sua resposta, 5050, foi encontrada através do raciocínio que demonstra a fórmula da soma de uma [[progressão aritmética]].<ref name="GaussAnecdote">{{citar web|url = http://www.sigmaxi.org/amscionline/gauss-snippets.html| titulo = Tellings of the Gauss Anedocte |acessodata=4 de fevereiro de 2012}} {{en}}</ref> Butner reconheceu a genialidade do menino de dez anos, passou a incentivá-lo nos seus estudos, junto com seu jovem assistente, [[Johann Christian Martin Bartels]] (1769-1856), apaixonado pela matemática. Entre Bartels, com dezessete anos, e o aluno de dez nasceu uma boa amizade que durou toda a vida.