Diferenças entre edições de "PIIGS"

43 bytes removidos ,  05h19min de 10 de junho de 2018
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.158.184.62, com Reversão e avisos
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.158.184.62, com Reversão e avisos)
[[Imagem:PIGS-PIIGS-PIIGGS.png|thumb|300px|PIGS, PIIGS e PIIGGS]]
 
'''PIIGS''' é um acrônimo pejorativo originalmente usado na [[imprensa]] de [[língua inglesa]], sobretudo [[Reino Unido|britânica]], para designar o conjunto das economias de [[Portugal]], [[Itália]], [[Irlanda]], [[Grécia]] e [[Espanha]] (''Spain'' em inglês). Em outras palavras, é porco em inglês.. Em inglês, o acrônimo significa "[[porco]]s", animais por vezes usado em [[caricatura]]s para ilustrar a má performance econômica dos 5 países. A expressão "economias porcinas" é também usada.<ref>[http://www.newsweek.com/id/143665 Why Pigs Can’t Fly - Economists have a new theory as to why the porcine economies of Southern Europe are still so sluggish], por Juliane von Reppert-Bismarck. ''[[Newsweek]]'' 7-14 de julho de 2008.</ref> Expressões similares, como ''the Olive Belt'' (o cinturão da azeitona)<ref>
[http://www.independent.co.uk/news/world/europe/greece-qampa-crisis-in-the-olive-belt-whats-next-1960391.html Greece Q&A: Crisis in the olive belt. What's next?] Por Sean O'Grady. ''[[The Independent]]'', 2 de maio de 2010.</ref> ou "[[Club Méditerranée|Club Med]]",<ref>[http://ca.finance.yahoo.com/personal-finance/article/yfinance/1550/club-med-contagion--should-canadians-worry Club Med contagion – Should Canadians worry?],por Andrew Pyle. ''Yahoo! Canada Finance'', 28 de abril de 2010.]</ref><ref> Jovanović, Miroslav ''The economics of European integration: limits and prospects''. Edward Elgar Publishing. Cheltenham, UK 2005; p.40|isbn=1843766914</ref> também foram aplicados ao mesmo (ou quase o mesmo) agrupamento de países do [[sul da Europa]], durante a [[crise econômica de 2008-2009]], quando as economias de Portugal, Itália, Irlanda, Grécia e Espanha foram consideradas particularmente vulneráveis, em razão do alto ou crescente [[dívida pública|endividamento]] e do alto [[deficit público]] em relação ao [[PIB]].
 
Em Setembro de 2008, o uso do acrônimo pelo jornal ''[[Financial Times]]'' levou ao protesto de empresários espanhóis e do ministro português da economia, [[Manuel Pinho]].<ref>{{citar jornal|último = |primeiro = | url= http://english.capital.gr/news.asp?id=571113&djcatid=80 |título= Portugal Min Shocked At FT’s "Pigs In Muck" |publicado= Capital|data= 9 de Julho de 2008}}</ref> Mas antes, já havia sido usado por publicações como a ''[[Newsweek]]'',<ref>{{citar jornal|último = Von Reppert-Bismarck|primeiro = Juliane | url= http://www.newsweek.com/id/143665 |título= Why Pigs Can’t Fly |publicado= [[Newsweek]]
29 134

edições