Mon (símbolo): diferenças entre revisões

21 bytes adicionados ,  18 de junho de 2018
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 177.75.149.193 para a última revisão de Salebot, de 13h48min de 12 de junho de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
A popularidade dos emblemas diminuiu com o fim do sistema feudal, especialmente depois da [[Restauração Meiji]], em [[1868]].<ref name="flag" /> Após a criação da nova Constituição, as pessoas se tornaram mais interessados em realizações individuais do que manter o controle de sua linhagem.<ref name="constitutional">{{citar web|url=http://www.asgy.co.jp/anglais/whatskamon/history.html|titulo=Kamon History|publicado=Asgy.co.jp|lingua=inglês|acessodata=[[16 de maio]] de [[2010]]}}</ref>
 
Com a abertura do Japão ao [[mundo ocidental]] várias pessoas começaram a usar esses símbolos para representarem suas empresas. Atualmente as empresas tentam agregar o uso do mon com conceituadas técnicas de marketing de forma a serem facilmente identificadas pela sociedade, mantendo então uma proximidade com o público-alvo, onde pode ser citado o uso do kamon utilizado pela [[Japan Airlines]] da década de 1950 até 2008 o qual ficou conhecida como ''tsuru-maru'' e que segundo a própria empresa o objetivo era fazer uso de um símbolo fortemente japonês.<ref name="zashi" /> Uma variação do kamon de três castanhas de agua é usado para o conglomerado japonês [[Mitsubishi]]. EU QUERO IR PRA CASA
 
{{referências}}
Utilizador anónimo