Abrir menu principal

Alterações

10 bytes removidos ,  22h32min de 24 de junho de 2018
m
ajustes usando script
Houve várias mortes no [[Muro de Berlim]], que se situava como uma barreira entre [[Berlim Ocidental]] e [[Alemanha Oriental|a Alemanha Oriental]], de 13 de agosto de 1961 até 9 de novembro de 1989. Antes do surgimento do [[Muro de Berlim]], em 1961, 3,5&#x20;milhões de alemães orientais burlaram as restrições de emigração do bloco oriental, muitos por cruzar a fronteira da [[Berlim Leste|Berlim Oriental]] para Berlim Ocidental, a partir de onde eles poderiam, então, viajar para [[Alemanha Ocidental|a Alemanha Ocidental]] e outros países da Europa Ocidental. Entre 1961 e 1989, o Muro impediu quase todas emigrações desse tipo.<ref>Church, George. [http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,959058,00.html Freedom! The Berlin Wall]. ''[//en.wikipedia.org/wiki/Time_(magazine) Time]'', 20 de novembro de 1989. Accessed 3 de setembro de 2011.</ref>
 
O [[Zentrum für Zeithistorische Forschung|Centro de História Contemporânea]] (ZZF), em [[Potsdam|Potsdam,]], confirmou pelo menos 140 mortes, incluindo pessoas tentando escapar, guardas de fronteira, e inocentes. No entanto, os pesquisadores do [[Checkpoint Charlie Museum]] e alguns outros haviam estimado que o número de mortos seria significativamente maior.<ref name="contemporary research">{{Citar web|url=http://www.chronik-der-mauer.de/178924/todeopfer-an-der-berliner-mauer|titulo=Todesopfer an der Berliner Mauer|lingua=German|titulotrad=Fatalities at the Berlin Wall}} !CS1 manut: Língua não reconhecida ([[:Categoria:!CS1 manut: Língua não reconhecida|link]])
[[Categoria:!CS1 manut: Língua não reconhecida]]</ref>
{{limpar}}
| 20
| Fugitivo
| Baleado na Represa de Wilhelmsruher
|-
| 14
| 24
| Ajudante de fugitivos
| Baleado na rua Heidelberger 75
|-
| 15