Diferenças entre edições de "Igreja Ortodoxa Russa"

2 bytes adicionados ,  16h52min de 26 de junho de 2018
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 200.217.151.158 para a última revisão de Renato de carvalho ferreira, de 19h27min de 2 de abril de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
| site =[http://www.mospat.ru Igreja da Rússia]
}}
A igreja
A '''Igreja Ortodoxa Russa''' (em [[Língua russa|russo]]: Русская Православная Церковь, [[Transliteração|transl.]] ''Russkaya Pravoslavnaya Tserkov<nowiki>'</nowiki>''), ou '''Patriarcado de''' {{PBPE|Moscou|Moscovo}} (Московский Патриархат, transl. ''Moskovskii Patriarkhat'')<ref>[http://www.mospat.ru/index.php?mid=162 Estatuto da IOR, capítulo I, § 2]</ref> é o nome dado ao grupo de [[Cristianismo|cristãos]] que constitui uma [[Igreja Ortodoxa]] [[Autocefalia|autocéfala]], sob a jurisdição do [[Patriarca de Moscou|Patriarca de Moscovo]], em [[plena comunhão]] com as outras Igrejas Ortodoxas.
 
A '''Igreja Ortodoxa Russa''' (em [[Língua russa|russo]]: Русская Православная Церковь, [[Transliteração|transl.]] ''Russkaya Pravoslavnaya Tserkov<nowiki>'</nowiki>''), ou '''Patriarcado de''' {{PBPE|Moscou|Moscovo}} (Московский Патриархат, transl. ''Moskovskii Patriarkhat'')<ref>[http://www.mospat.ru/index.php?mid=162 Estatuto da IOR, capítulo I, § 2]</ref> é o nome dado ao grupo de [[Cristianismo|cristãos]] que constitui uma [[Igreja Ortodoxa]] [[Autocefalia|autocéfala]], sob a jurisdição do [[Patriarca de Moscou|Patriarca de Moscovo]], em [[plena comunhão]] com as outras Igrejas Ortodoxas.
 
==História==
O ressurgimento do Vaticano, no entanto, não duraria muito, sendo extinto pelo [[União Soviética|governo comunista]] após a morte do patriarca Tikhon, que apoiara abertamente o [[Movimento Branco]], em 1925. Em 1943, no entanto, o Patriarcado foi reinstituído pelo governo de [[Stalin]] no contexto da [[Segunda Guerra Mundial]]. Ainda haouve perseguições sob [[Khrushchev]], que chegou a fechar 12 mil igrejas. Menos de 7 mil permaneciam ativas à altura de 1982. <ref name="time">Ostling, Richard. [http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,150718,00.html "Cross meets Kremlin"], ''TIME Magazine'', 24 June 2001. Retrieved 7 April 2008. {{WebCite|url=http://www.webcitation.org/5QWCuS6e8|date =22 July 2007}}</ref> A censura e a perseguição a membros do clero permearam a relação entre o [[União Soviética|Estado soviético]] e a Igreja Ortodoxa durante toda sua existência até 1988, quando, no aniversário de mil anos do Batismo de Quieve, o Estado executou celebrações, reabriu igrejas e monastérios e passou a permitir propaganda religiosa na televisão.
 
<gallery mode="packed" caption=" " widths="150px" heights="150px">
imagem:Russisch Orthodoxe Kirche Dresden.JPG|[[Dresda]]
imagem:Bogolyubovo.jpg|[[Bogolyubovo]]
Utilizador anónimo