Diferenças entre edições de "Live and Let Die"

8 bytes adicionados ,  14h07min de 27 de junho de 2018
m
m
O assassino conduz Bond até um restaurante chamado ''Fillet of Soul'' cujo proprietário é um gângster chamado Mr. Big. Lá conhece Solitaire, uma bonita [[tarô|taróloga]] que consegue prever o futuro. Kananga ordena a um associado para matar o agente, mas Bond escapa. O agente presegue Kananga até San Monique onde se encontra com Rosie Carver, uma agente da [[CIA]] no seu quarto de hotel. Eles fazem amor e no dia seguinte decidem ver o lugar onde o terceiro agente morreu. Após fazerem amor novamente perto de um rio em San Monique, Bond consegue obrigar Rosie a confessar que é uma agente dupla, mas ela é assassinada pelos comparsas de Kananga antes de confessar para quem está trabalhando. O agente encontra-se com o filho de Quarrel (o velejador jamaicano de ''[[Dr. No]]''), Quarrel Júnior, e este leva o agente para a casa de Solitaire. Com um baralho de tarot unicamente constituido pelas cartas dos ''[[Os Enamorados (Tarot)|amantes]]'', Bond consegue seduzir a taróloga e fazer amor com ela no seu quarto, fazendo ela perder a virgindade mas com a relação que teve com o agente, Solitaire perde as suas capacidades de ver o futuro sendo obrigada a cooperar com Bond para deter Kananga. Porém, antes eles fazem amor de novo.
 
O agente descobre que Kananga está a produzir duas toneladas de [[heroína]], afastando a sua produção de [[papoila|papoula]]s da população com feitiçaria ''[[voodoo]]''. O plano de Kananga é distribuir as duas toneladas de drogas gratuitamente no mercado negro, que aumentaria assim o consumo derrubando os seus concorrentes para ter o monopólio do negócio. Após eles sairem de San Monique, eles fazem amor de novo no barco de Quarrel mas os homens de Kananga capturam Bond e Solitaire no aeroporto de [[Nova Orleães]]. Bond não reconhece o Sr. Big, pensado que Kananga seria outra pessoa. O gângster tira a máscara e pergunta ao agente se teve relações com Solitaire.
 
Kananga deixa 007 nas mãos de Tee Hee, um capanga do cabecilha. Tee Hee leva-o até uma quinta de crocodilos algures na [[Louisiana]]. Entretanto Kananga deixa Solitaire com o Barão Samedi para ser sacrificada. Bond é deixado em cima de um [[rochedo]] no meio de um lago cheio de crocodilos mas o agente escapa saltando em cima deles e põe fogo à quinta matando alguns homens de Kananga. Bond foge e entra numa perseguição de barcos com os homens de Kananga atrás dele atraindo um xerife local, J. W. Pepper, e a [[polícia]] estatal.