Abrir menu principal

Alterações

57 bytes adicionados ,  08h50min de 28 de junho de 2018
m
Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes
|depois =
|data_nascimento =[[24 de setembro]] de [[1879]]
|local_nascimento=[[Trajano de Moraes]], [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]]
|data_morte ={{morte e idade|11|5|1961|24|9|1879|lang=br}}
|local_morte =[[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], Rio de Janeiro
==Biografia==
===Inicio de carreira e envolvimento com a política===
Em [[Nova Friburgo]], estado do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]], Galdino do Valle estudou no [[Colégio Anchieta (Nova Friburgo)|Colégio Anchieta]], de padres e irmãos [[jesuítas]]. Em 1903 se formou na [[Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro]]. Na cidade de [[Miraí]], no estado de [[Minas Gerais]], iniciou sua carreira, mas foi em Nova Friburgo que passou depois a residir.<ref name=":3">{{citar web |url=http://cpdoc.fgv.br/sites/default/files/verbetes/primeira-republica/VALE,%20Galdino%20do.pdf |titulo=[[Dicionário da Elite Política Republicana (1889-1930)]], verbete: Galdino do Vale |acessodata=9 de dezembro de 2017 |autor=[[Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil]] - (CPDOC) |coautores= |data= |ano= |mes= |formato= |obra= |publicado=[[Fundação Getúlio Vargas]] - FGV|páginas= |língua= |citação= }}</ref>
 
No ano de 1906 grupos políticos tradicionais da cidade de Nova Friburgo se uniram - Galdino Antônio (pai de Galdino), [[Alberto Braune]] e [[Carlos Maria Marchon]] - e criaram o jornal ''A Paz''; e desta forma Galdino do Vale tornou-se seu diretor.<ref name=":6">{{citar web |url=http://www.djoaovi.com.br/index.php?cmd=section:acervo_jornal_a_paz |titulo=A Paz |acessodata=10 de dezembro de 2017 |autor=Carlos Jayme de Helênio Campos da Silva Lima |coautores= |data= |ano= |mes= |formato= |obra= |publicado=[[Centro de Documentação Dom João VI]] - Pró-Memória de Nova Friburgo|páginas= |língua= |citação= }}</ref> Em 1909 faz parte da primeira diretoria do Tiro de Guerra do [[Exército Brasileiro]] em Friburgo<ref name=":8">{{citar web |url=http://www.djoaovi.com.br/index.php?cmd=content:pe_centenario_do_tiro_de_guerra_nf |titulo=O centenário do Tiro de Guerra de Nova Friburgo |acessodata=10 de dezembro de 2017 |autor=Nelson Alvarez, em 07 de maio de 2009 |coautores= |data= |ano= |mes= |formato= |obra= |publicado=[[Centro de Documentação Dom João VI]] - Pró-Memória de Nova Friburgo|páginas= |língua= |citação= }}</ref> e elege vereador da cidade pela primeira vez e durante o seu mandato a [[energia elétrica]] chegou a Nova Friburgo.<ref name=":5">{{citar web |url=http://www.djoaovi.com.br/index.php?cmd=content:conto_a_inaugura%E7%E3o_da_luz_eletrica_em_nova_friburgo |titulo=A inauguração da luz elétrica em Nova Friburgo |acessodata=10 de dezembro de 2017 |autor=Carlos Jayme de Siqueira Jaccoud, em 05 de agosto de 1998 |coautores= |data= |ano= |mes= |formato= |obra= |publicado=[[Centro de Documentação Dom João VI]] - Pró-Memória de Nova Friburgo|páginas= |língua= |citação= }}</ref> Reeleito em 1913, alcançou à presidência da Câmara Municipal de Nova Friburgo (o que na época significava ser o chefe do Poder Executivo). Ainda em [[1910]], acumulando a função de vereador, tornou-se [[deputado estadual]].<ref name=":3">{{citar web |url=http://cpdoc.fgv.br/sites/default/files/verbetes/primeira-republica/VALE,%20Galdino%20do.pdf |titulo=[[Dicionário da Elite Política Republicana (1889-1930)]], verbete: Galdino do Vale |acessodata=9 de dezembro de 2017 |autor=[[Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil]] - (CPDOC) |coautores= |data= |ano= |mes= |formato= |obra= |publicado=[[Fundação Getúlio Vargas]] - FGV|páginas= |língua= |citação= }}</ref>
Atualmente, as raízes de Galdino estão representadas pelos netos Ronaldo Ribeiro do Valle e Gilda Briggs, pelos bisnetos Fernando, André e Felipe Bittencourt do Valle, Pedro e Eduardo (in memorian) Briggs, e finalmente pelos tataranetos Flávio Guimarães Bittencourt do Valle e Mônica Guimarães Bittencourt do Valle, Bernardo e Lucas Wensersky Bittencourt do Valle, Pedro e Victória Galvão Fontenelle Bittencourt do Valle, Francisco, João Pedro e Arthur, ambos Tadeu Briggs Peçanha.
 
A família, que hoje reside em [[Niterói]] e no [[Rio de Janeiro (estado)|Rio De Janeiro]], mantém o belo casarão de Nova Frigurgo, residência oficial de Galdino; em 2010 ocorreu o tombamento provisório do prédio, localizado na Avenida Galdino do Valle, 47.<ref name=":9">{{citar web |url=http://avozdaserra.com.br/noticias/ja-e-realidade-casarao-de-galdino-do-valle-tem-tombamento-provisorio |titulo=Já é realidade: casarão de Galdino do Valle tem tombamento provisório|data=13 de fevereiro de 2010 |acessodata=9 de dezembro de 2017 |publicado=Jornal [[A Voz da Serra]]}}</ref><ref name=":15">{{citar web |url=https://oglobo.globo.com/rio/lei-finalmente-protege-cerca-de-250-imoveis-antigos-remanescentes-em-nova-friburgo-2943979|titulo=Lei finalmente protege cerca de 250 imóveis antigos remanescentes em Nova Friburgo|data=4 de outubro de 2010 |acessodata=16 de dezembro de 2017 |publicado=Jornal [[O Globo]] }}</ref> Em 2012, no centenário de um dos filhos de Galdino, Afrânio do Valle, foi realizada uma extraordinária festança no palacete novafrigurguense, contando com homenagem da [[Orquestra Sinfônica de Friburg]]<nowiki/>o, a [[Campesina Fluminense]].
 
{{notas}}
884 098

edições