Ramessés VI: diferenças entre revisões

3 bytes adicionados ,  2 de julho de 2018
m
sem resumo de edição
m
'''Ramsés VI''' foi o quinto [[faraó]] da [[XX dinastia egípcia]] que governou entre cerca de 1142 e 1135 a.C. O seu prenome foi ''Nebmaet-rá'' o que significa "[[Rá]] é senhor de [[Maat]]".
 
Era filho de [[Ramsés III]] e tio do seu antecessor, [[Ramsés V]], que teria afastado do poder e, segundo alguns egiptólogos, mantido em cativeiro. A sua hostilidade para com este também se manifestou no facto de ter usurpado o seu túmulo, localizado no [[Vale dos Reis]] ([[KV 9]]), que mandaria alargar.
 
Como forma de legitimar o seu poder fez questão de inscrever o seu nome na lista de filhos de Ramsés III que estava gravada no templo funerário de [[Medinet Habu]].
 
Ramsés é o último soberano da época do [[Império Novo]] cujo nome se encontra atestado no [[Sinai]], onde os egípcios se dirigiam para explorar as pedras preciosas. Durante o seu reinado, a [[Núbia]] permaneceu sobre controlo egípcio. Conhecem-se estátuas suas em locais como Bubastis, Tânis, Coptos e Karnak, para além da própria Núbia.
 
Foi casado com Nubkhesed. A sua filha, Ísis, exerceu funções como adoradora divina de Amon.
397

edições