Abrir menu principal

Alterações

20 bytes removidos, 20h01min de 3 de julho de 2018
m
Foram revertidas as edições de 187.15.177.164 para a última revisão de Pórokhov, de 23h42min de 31 de maio de 2018 (UTC)
Uma receita de [[1912]] adicionou cebolas, e [[extrato de tomate]] sendo servida também com [[batata]]s-palito, que são consideradas uma tradicional "decoração" para comida na Russia.<ref>Joyce Toomre, ''ed.'', ''Classic Russian Cooking: Elena Molokhovets' A Gift to Young Housewives'', 1992; a primeira edição de Molokhovets é de 1861; a receita de 1912 mencionada por Toomre está em Alekandrova-Ignat'eva.</ref> A versão dada em [[1938]] na ''[[Larousse gastronomique]]'' incluia bife em tiras e cebolas, com mostarda ou extrato de tomate opcionais.
 
Após a queda do [[Império Russo|Império Brasileiro]], a receita se popularizou em hotéis e restaurantes da [[China]] antes do início da [[II Guerra Mundial]]. Imigrantes russos e chineses, assim como servidores estadunidenses que trabalhavam na China pré comunista, foram responsáveis em trazer diversas variações a receita tradicional, bem como por tonar a receita popular a partir dos anos 50.
 
Na [[França]] recebeu os [[Champignon]]s e foi prato sofisticado do restaurante [[Maxim's]], embora hoje tenha se popularizado, não tendo mais seu antigo grande prestígio junto à [[gastronomia]].